AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

Notícias


Categorias

‘Aprender a Fazer’ consolida primeira etapa com 100% das escolas municipais

Mais de 100 educadores receberam certificados do programa nesta quinta-feira (7)

Publicado em: 07/12/2017 12:43:50

Uma solenidade, realizada na manhã desta quinta-feira (7), marcou a consolidação da primeira etapa do programa ‘Aprender a Fazer’ em Uberlândia. O palco foi o auditório da nova sede do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), que contou a entrega de 134 certificados para os educadores da rede municipal de ensino, além de uma palestra sobre educação e empreendedorismo com a escritora Elizabete Carvalho.

Lançado em julho deste ano, o programa é resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Uberlândia e o Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que se uniram com o intuito de estimular noções de empreendedorismo, educação financeira e corporativismo entre os educadores. A estimativa é que mais de 5.500 alunos do quarto e quinto anos do ensino fundamental sejam beneficiados com a capacitação dos professores. Já para esta primeira etapa, 51 instituições da rede municipal de ensino foram abrangidas, como explica a secretária de Educação, Célia Tavares.

“A intenção desse programa é trabalhar com o empreendedorismo, a educação financeira e a educação corporativista. As crianças estão no fechamento de um ciclo de formação, em que eles têm essa base de conteúdo voltada para as relações empreendedoras e cada escola fez a aplicação disso de uma maneira diferenciada. Estamos concluindo a primeira fase e percebemos que houve uma aceitação muito boa de todos, que hoje estão recebendo o certificado e o material de apoio com o livro, o CD, para que possamos dar continuidade a essa parceria promissora com o Sebrae em 2018”, antecipou.

Aulas mais dinâmicas e inovadoras

Quem também abraçou o programa desde o princípio foi o secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Dilson Dalpiaz. Para ele, o evento desta quinta-feira nada mais é que o resultado de um compromisso por mais inovação e empreendedorismo dentro das salas de aula das escolas municipais.

“Trata-se de construir o futuro. É uma forma de atualizar, empoderar e tornar o corpo docente capacitado para despertar nos alunos algo que vai além do básico, da estrutura educacional convencional. O empreendedorismo precisa estar presente e é importante oferecermos as técnicas para o desenvolvimento disso, trabalhando em parceria entre as secretarias e com a competência e propósito do Sebrae, que é altamente positiva. É um processo para educar as pessoas para aprender a fazer, empreender. Fizemos um compromisso e estamos cumprindo a primeira etapa desse programa”, destacou.

Responsabilidade econômica e social

A partir da capacitação, os educadores têm a missão de aplicar e repassar os conteúdos aos alunos, com destaque para noções de sustentabilidade, com reaproveitamento de resíduos, reciclagem e fortalecimentos de projetos que já são desenvolvidos nas escolas, além de levarem para dentro das instituições seus próprios anseios, como relata a analista do Sebrae, Fabiana Queiroz;

“É importante ter um aluno interessado no processo de aprendizagem e a criança também procura uma aula mais dinâmica e gostosa, que trabalhe, sobretudo, os temas atuais. Outro dia, os alunos montaram um campeonato de videogame, montando todo o serviço, com ingresso simbólico para os colegas e organização. Isso deixa as crianças mais ativas, responsáveis e com uma visão econômica ainda maior. É um sonho coletivo deles que nos surpreende cada vez mais”, relatou.

Formação para a vida

‘Aprender a Fazer’ é um dos quatro pilares educacionais desenvolvidos pela Unesco quando se fala em educação de qualidade em âmbito internacional. Inspirada nessa nova postura, a escritora Elizabete Carvalho desenvolveu vários livros, como “Consumo Colaborativo” e “Contando Histórias e Realizando Sonhos”. Destaque com uma palestra na solenidade, ela destacou a importância do programa neste segmento.

“É preciso que juntos possamos mostrar que é possível fazer aquilo que se deseja, começando desde cedo, estimulando a atitude dentro da escola, para adotar posturas comportamentais com foco na busca pelos resultados. Estamos falando de formação para a vida. É dar um novo significado para o ensino, naquilo que é trabalhado, e tudo isso tem relação direta com a aplicação, que também é aprender a fazer”, reforçou.

SECOM

Compartilhe:

Prefeitura de Uberlândia

AV. ANSELMO ALVES DOS SANTOS, 600 - SANTA MÔNICA - CEP: 38408-150 - Serviço de Informação Municipal (SIM): (34) 3239-2800 / PABX: (34) 3239-2444

Atendimento ao público: Segunda à sexta-feira das 12h às 17h.