AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

Notícias


Categorias

Prefeitura e Sebrae assinam acordo de cooperação técnica

Em menos de um ano, sete projetos já foram iniciados e dois estão em planejamento

Publicado em: 18/12/2017 12:35:05

Unidos com o propósito de fomentar o desenvolvimento econômico do Município, a Prefeitura de Uberlândia e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG) têm estabelecido parcerias em diversos projetos para o setor. Para fortalecer ainda mais as políticas públicas na área e desenvolver novas ações, o prefeito Odelmo Leão e o gerente regional da entidade, William Rodrigues Brito, assinaram na manhã desta segunda-feira (18) um acordo de cooperação técnica.

“É uma iniciativa que veio somar esforços e promover o desenvolvimento econômico local, por meio do estímulo ao empreendedorismo e profissionalização dos pequenos negócios. Uma forma de ampliar, contribuir e aprimorar o que já oferecido à população”, afirmou o prefeito Odelmo Leão.

No país atualmente, 99,2% das empresas são de micro e pequeno porte. Já em relação aos microempreedores individuais (MEIs), as estatísticas também apontam índices significativos. Em Minas Gerais existem mais de 800 mil MEIs, sendo que 10% deste valor está concentrado no Triângulo Mineiro. Já Uberlândia é responsável por mais de 40 mil MEIs, ou seja, metade do existente na região. Isso é o que explicou o gerente regional do Sebrae, William de Brito.

“Uberlândia é a locomotiva do desenvolvimento econômico da região. Firmar esse compromisso é uma forma de fortalecer essas intenções e fazer com que a cidade possa ser modelo e inspiração de maneira que os interesses das micro e pequenas empresas no país sejam garantidos”, disse.

Trabalho multidiscplinar

Atualmente, nove projetos compõem a pauta do acordo. Desse total, sete estão em andamento e, inclusive, já foram lançados publicamente. Outros dois devem ser apresentados no próximo ano. Outro dado interessante é a característica de cada um desses projetos: seis estão ligados à área deInvestimentos, dois são relacionados à Inovação e um envolve o setor Turístico e Agropecuário.

“O ano foi de muita dedicação de todas as partes para podermos formalizar os projetos e consolidar as ações. Vivemos uma realidade que a cada momento estamos vendo acontecer e temos de preparar nossa cidade. Nós temos que manter nossas crenças e valores, mas temos que enxergar a velocidade das mudanças”, observou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Dilson Dalpiaz.

Junto à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo (Sedeit), outras oito pastas colaboram com o planejamento e execução dos projetos. São elas: de Administração, de Agropecuária, Abastecimento e Distritos, de Educação, de Finanças, de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico, de Planejamento Urbano, de Saúde e Processamento de Dados de Uberlândia (Prodaub).

A atuação em parceria surge para aprimorar o trabalho desenvolvido no Município, acrescentando a expertise do Sebrae para a implementação de diagnósticos, consultoria, descentralização de processos, investimentos e desenvolvimento de iniciativas ainda mais empreendedoras nos projetos.

Conheça mais sobre cada iniciativa:

Em andamento

Programa Aprender a Fazer: promove a capacitação de 350 professores, diretores, pedagogos, coordenadores e inspetores das escolas municipais para que os profissionais possam desenvolver conteúdos em sala de aula relativos a empreendedorismo, educação cooperativista e educação financeira. Em 2017, 53 unidades de ensino participaram de Oficinas Jovem Empreendedor - Primeiros Passos (Jeep), 210 educadores foram capacitados e com adesão de todos os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental.

Internacionalização de Uberlândia: atuação conjunta do poder público, esferaacadêmica, entidades privadas e da sociedadepara desenvolvimento de todos os potenciais deUberlândia que gerem interesse dacomunidade internacional.

Programa Municipal de Fomento à Cervejaria Artesanal: cria condições para o crescimento da produção e da comercialização da cerveja artesanal em Uberlândia. Após a publicação da Lei Municipal 12.801 de 2017, deu-se início a um estudo de mercado com diagnóstico empresarial que embasará capacitações e workshops a serem oferecidos para orientar produtores de cervejas locais que tenham interesse em regularizar a situação até abril de 2018. As outras etapas, previstas para se concretizarem até abril de 2019, preveem a concessão de selos de origem e identificação, além de certificações, bem como busca por realização de parcerias para a realização de ações voltadas para o crescimento do setor e eventos locais.

UberHub: este é o nome dado ao Ecossistema Local de Inovação, composto por instituições de ensino, startups, empresas de base tecnológica, incubadoras e outros. Tanto Prefeitura quanto Sebrae trabalham para aumentar parcerias, número de startups, conquistarem maior espaço no mercado e terem maior sucesso. O Sebrae apoia financeiramente algumas empresas através do SebraeTec, que é uma Subvenção Econômica, além de apoiar eventos como Cities (em dois dias de eventos, mais de 5 mil participantes, 91 palestrantes e 85 exposições de projetos, startups e universidades) e outros menores.

Go Minas:  tem por objetivo contribuir para o desenvolvimento de startups em fase de “ideação” ou operação em diversos segmentos e que desejam acelerar sua evolução. Em 2017, 42 startups foram avaliadas.

Novo Agro: é um plano de fomento aos pequenos e médios produtores rurais de Uberlândia, como intuito de transformar atuações já existentes no campo em atividades comerciais de alta sustentabilidade. O programa se baseia nos seguintes pilares: Agroindústria de Pequeno Porte, Agroecologia, Piscicultura, Turismo Rural e Gastronomia. Dentro de cada uma destas bases, na prática, são definidas ações específicas, como a criação de projetos de leis, incentivos, apoios, espaços, com implementação ao longo dos anos.

Preferência nas Compras Públicas para MPEs: estimula o desenvolvimento econômico local através dos entes públicos e suas compras, por meio de preparação específica e efetiva do ente público para executar compras dos pequenos negócios (micro e pequenas empresas, microempreendedor individual) e agricultor familiar de maneira mais eficiente e eficaz. Visa a dar um tratamento especial às micro e pequenas empresas nos processos licitatórios.

A realizar

Sala Mineira do Empreendedor: une empreendedor, poder público e as entidades de fomento. É uma ferramenta para melhorar e simplificar os ambientes de negócios, facilitar o surgimento de novos empreendimentos, bem como aumentar a competitividade e promover o desenvolvimento sustentável das empresas da região. No espaço será possível orientar empresários sobre contas públicas, captação de recursos, além de desburocratizar os processos de abertura de micro e pequenas empresas (MPE) e de microempreendedores individuais (MEIs), facilitando o acesso aos produtos da Jucemg e do Sebrae-MG.

Atualização da Lei geral para Micro e Pequenas Empresas: atualização da Lei Geral Municipal da Micro e Pequena Empresa (lei nº 537/2011) através de ações de desburocratização, acesso a mercados e inovação voltados aos pequenos negócios.

SECOM

Compartilhe:

Prefeitura de Uberlândia

AV. ANSELMO ALVES DOS SANTOS, 600 - SANTA MÔNICA - CEP: 38408-150 - Serviço de Informação Municipal (SIM): (34) 3239-2800 / PABX: (34) 3239-2444

Atendimento ao público: Segunda à sexta-feira das 12h às 17h.