AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

Notícias


Categorias

Protocolo de Manchester é tema de palestras para profissionais da Saúde

Atividade ocorre a partir desta terça-feira (17) para aprimorar o atendimento em classificação de risco

Publicado em: 16/04/2018 07:43:19

Criado há 21 anos para aprimorar a classificação de risco e a triagem de casos na Saúde, o Protocolo de Manchester, com nome inspirado em uma das mais importantes cidades da Inglaterra, ganhou adesão internacional nos últimos anos. Devido à rapidez, objetividade e alta precisão, o sistema também foi adotado por Uberlândia ainda em 2009, durante o segundo mandato do prefeito Odelmo Leão. Para difundir ainda mais o modelo entre os profissionais da saúde municipal, a prefeitura inicia uma série de palestras a partir da próxima terça-feira (17), às 14h.

As atividades se estendem até o dia 20 de abril, das 14h às 17h, com o intuito de alinhar as novas informações do modelo junto aos enfermeiros de Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs), Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Atendimento Integrado (UAIs). O palco dos encontros será o Centro Universitário UNA, localizado na Alameda Paulina Margonari, 59, bairro Jardim das Acácias, que deve receber mais de 120 profissionais ao longo dos cinco dias.

De acordo com Simone Helena Ferreira, referência Técnica em Enfermagem da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o evento é uma nova oportunidade para aqueles que já participaram dos treinamentos e que buscam atualizar sobre o modelo internacional. “A classificação de risco já acontece há nove anos, ocasião em que realizamos a capacitação e os treinamentos com todos os profissionais. No entanto, é preciso que sempre atualizemos este modelo, acompanhando o desenvolvimento em outros países. Será uma oportunidade para sanar dúvidas e aprimorar ainda mais, com cinco turmas divididas durante os cinco dias de encontros”, antecipou.

Como funciona

Embora não trabalhe com diagnósticos, o Protocolo de Manchester atua a partir de sintomas dentro de um padrão internacional. Após uma triagem, o modelo classifica os pacientes por cores, as quais representam o grau de gravidade e o tempo de espera recomendado para cada atendimento.

Doentes com patologias mais graves constituem a cor vermelha e casos muito urgentes são representados pelo laranja. Já os pacientes em situação de urgência são classificados pelo amarelo, enquanto para aqueles de menor gravidade, atribui-se as cores verde e azul. A divisão permite mais segurança aos usuários, além de uma linguagem única na rede junto aos profissionais, com nomenclatura padrão. 

Compartilhe:

Prefeitura de Uberlândia

AV. ANSELMO ALVES DOS SANTOS, 600 - SANTA MÔNICA - CEP: 38408-150 - Serviço de Informação Municipal (SIM): (34) 3239-2800 / PABX: (34) 3239-2444

Atendimento ao público: Segunda à sexta-feira das 12h às 17h.