AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

Notícias


Categorias

Unidades de saúde recebem visita de profissionais da SPDM

Reconhecimento da estrutura e funcionamento ajudará no planejamento das ações após a transição

Publicado em: 16/05/2018 18:58:00

Uma comissão de avaliação e transparência - composta por funcionários da Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), do Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro (HMMDOLC) e Secretaria Municipal de Saúde - visitam unidades de saúde e ambulatórios especializados da cidade nesta semana. A iniciativa acontece em continuidade às ações para aperfeiçoar a prestação de serviços em Saúde na cidade e dar andamento à extinção da Fundasus.

O objetivo da comitiva é criar interfaces, conhecer a estrutura e realizar o intercâmbio de informações sobre os processos e funcionamento de cada local, articulando a transição administrativa e temporária para a SPDM. A iniciativa se dá após assinatura de um termo de ajuste de conduta (TAC) entre o Município e o Ministério Público em março deste ano (clique aqui para entender). Além de percorrer as Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), o grupo conheceu o trabalho realizado por equipes da atenção básica e de saúde da família.

Segundo o secretario municipal de Saúde, Gladstone Rodrigues, este trabalho tem o intuito de esclarecer o fluxo das unidades, para que a instituição possa planejar as ações durante e após a fase de transição. “Conforme planejado, procuramos fazer uma mudança tranqüila e transparente. Cada setor das unidades será visitado para que os novos administradores se inteirem, saibam como conduzir e possam continuar desenvolvendo um trabalho permanente de melhoria para a comunidade. Não haverá prejuízos, apenas benefícios para a comunidade”, explicou.

Transparência e melhoria no atendimento

A transferência acordada no TAC será realizada via sucessão trabalhista. Ou seja, todos os cerca de 1,3 mil funcionários da Fundasus serão transferidos para a SPDM por meio de um contrato entre as partes. O que será feito sem a necessidade de rescisão e com todos os direitos garantidos, de acordo com o secretário. “Não haverá troca de coordenação, por exemplo, e nem mudanças no funcionamento das unidades”, expôs.

Ainda de acordo com Gladstone Rodrigues, a administração temporária feita pela SPDM é vista como uma melhoria em termos de agilidade e mecanismos para o bom funcionamento da Saúde. “A SPDM, por ser privada, tem procedimentos mais rápidos de compra, por exemplo, que poderá sanar situações em curto prazo, como de abastecimento da rede, realização de serviços em manutenção predial, conservação de equipamentos e de reposição de pessoal, que tem sido um grande desafio para o Município até então”, finalizou.

Saiba mais – TAC Saúde!

O que é? Repasse temporário da administração de unidades da Fundasus para a SPDM
Quando?  Até o fim de 2018
Como? Contrato emergencial e transferência dos 1,3 mil funcionários por meio de sucessão trabalhista (sem perda de direitos)
Para quê? Melhorar o atendimento da rede municipal da Saúde por meio de um controle mais eficiente do Município

Unidades que serão repassadas temporariamente:
- UAIs Martins, Roosevelt, Tibery, Morumbi, Planalto eLuizote de Freitas
- 53 equipes de PSFs da cidade
- 8 UBSs da cidade
- 6 CAPs da cidade
- Ambulatórios especializados

SECOM

Compartilhe:

Prefeitura de Uberlândia

AV. ANSELMO ALVES DOS SANTOS, 600 - SANTA MÔNICA - CEP: 38408-150 - Serviço de Informação Municipal (SIM): (34) 3239-2800 / PABX: (34) 3239-2444

Atendimento ao público: Segunda à sexta-feira das 12h às 17h.