AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

Notícias


Categorias

Agricultores que fornecem itens para a merenda escolar se reúnem em oficina

Evento realizado em Uberlândia teve participação de oito municípios mineiros

Publicado em: 13/06/2018 12:39:59

Agricultores e representantes de oito prefeituras mineiras estiveram em Uberlândia nesta quarta-feira (13) para participar da Oficina regional de alimentação escolar e produção da agricultura familiar. O encontro foi o primeiro de vários outros que acontecerão durante o ano e servirão para unificar a merenda escolar com a produção dos agricultores. Isto permitirá melhorias na execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) nos âmbitos municipais. A oficina foi realizada no Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz (Cemepe) e contou com participantes de Uberlândia, Tupaciguara, Araguari, Prata, Indianópolis, Nova Ponte, Romaria e Monte Alegre de Minas.

“No ano de 2017, atendemos 22 municípios com assessorias e monitoramentos. Agora estamos promovendo os encontros para articular a produção com a demanda”, disse a nutricionista do Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição do Instituto Federal do Sul de Minas (Cecane/Ifsuldeminas), Lívia Galvão. O Cecane é o órgão responsável pela execução das oficinas.

O aperfeiçoamento é oferecido graças a uma parceria entre as secretarias municipais de Educação e de Agropecuária, Abastecimento e Distritos, de Uberlândia, com o Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição do Instituto Federal do Sul de Minas (Cecane/Ifsuldeminas). Todos os procedimentos obedecem às determinações do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Educação (MEC).

Benefício a agricultores e estudantes

De acordo com a lei federal 11.947/09, no mínimo 30% do total dos recursos financeiros repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Educação (MEC), no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), devem ser utilizados na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e de empreendedores familiares rurais ou de suas organizações.

Para o agricultor familiar, Vanderli de Sousa, de Nova Ponte, a nova realidade da agricultura familiar é muito positiva. Ele produz mandioca há cinco anos e conta que, antes de ser incluído no programa de agricultura familiar, a situação era complicada. “Eu tinha que produzir e ficar oferecendo para os comerciantes, sem saber se ia conseguir vender. Era muito difícil”, disse. Segundo ele, sua produção atual já é feita de acordo com o que será adquirido e isso traz tranqüilidade.

Mais de 60 mil alunos

Em Uberlândia, os itens da agricultura familiar são distribuídos nas 121 escolas municipais e usados na merenda servida para cerca de 60 mil alunos da rede. Com esta ação, é possível enriquecer ainda mais o lanche produzido nas unidades, incluindo ingredientes mais frescos e saudáveis ao cardápio desenvolvido por nutricionistas da Prefeitura de Uberlândia. Outro benefício é a possibilidade de melhoria da renda familiar dos pequenos e médios produtores rurais.

“É um privilégio trabalharmos com produtos que contribuem para melhorar a qualidade da merenda”, disse a secretária municipal de Educação, de Uberlândia, Célia Tavares. Ela destacou que a parceria com a Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos é de grande importância. Para a secretária de Agropecuária, Walkíria Naves, a parceria permite que os agricultores atuem com garantias. “Eliminamos os atravessadores, já que tudo é comercializado diretamente com a Prefeitura”, disse. Ela destacou ainda a assistência técnica oferecida pela administração municipal ao setor.

Ao todo, a agricultura familiar abastece a merenda escolar com quase 20 produtos, como mel, alface, banana, melancia e inhame. A entrega dos gêneros ocorre nas segundas e terças-feiras na Diretoria de Armazenagem e Distribuição (DAD) do Município. Ao chegar, os produtos são imediatamente distribuídos em 10 lotes e entregues às escolas.

SECOM
 

Compartilhe:

Prefeitura de Uberlândia

AV. ANSELMO ALVES DOS SANTOS, 600 - SANTA MÔNICA - CEP: 38408-150 - Serviço de Informação Municipal (SIM): (34) 3239-2800 / PABX: (34) 3239-2444

Atendimento ao público: Segunda à sexta-feira das 12h às 17h.