AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

Notícias


Categorias

Uberlândia recebe R$ 40 milhões de investimento em parques solares

Alsol Energias Renováveis anunciou a construção de duas usinas que, juntas, terão potência de geração de mais de 10 MW

Publicado em: 23/05/2019 08:53:51

O prefeito Odelmo Leão recebeu, na manhã desta quinta-feira (22), representantes da Alsol Energias Renováveis, que anunciaram, na sala de reuniões do gabinete, no Centro Administrativo da Prefeitura de Uberlândia, a construção de dois parques solares na cidade. De acordo com a empresa, as usinas devem gerar juntas mais de 10 MW de energia fotovoltaica. O investimento é orçado em R$ 40 milhões e deverá criar cerca de 250 novos postos de trabalho.

“Hoje, Uberlândia está em 1º lugar na geração de energia fotovoltaica. E eu vejo que esse cenário prova aquilo em que acreditamos: em serviço público, é preciso parceria. O nosso papel como gestor é facilitar o trabalho do empreendedor, que quer investir, criar, cuidar do lugar onde está. Que esse novo investimento ajude a melhorar ainda mais a qualidade de vida da nossa população”, disse o prefeito Odelmo Leão.

Conforme o mais recente relatório publicado pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), com base em dados atualizados até 3 de maio pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Uberlândia tem um potencial de geração de energia fotovoltaica de 12,5 MW, o equivalente a quase 2% do que é gerado em Minas Gerais. Se as novas usinas anunciadas pela Alsol estivessem em operação hoje, o potencial da cidade estaria em torno de 80% maior.

A Alsol atua na cidade desde 2012 e é responsável por 75% das instalações do setor fotovoltaico do município. “Para nós é motivo de muito orgulho sermos protagonistas dessa trajetória e esperamos um crescimento ainda maior daqui para frente”, declarou o fundador da empresa, Gustavo Malagoli Buiatti.

Novos parques solares

A expectativa da Alsol é que os dois parques solares estejam prontos até dezembro deste ano e possam oferecer, juntos, cerca de 250 empregos diretos. A empresa calcula que cada empreendimento pode gerar energia suficiente para abastecer 2.540 casas e possibilitar que mais de 10 mil toneladas de gás carbônico (CO2) deixem de ser emitidos. A energia gerada nas duas usinas será direcionada para empresas da cidade e região, por meio da geração compartilhada – modalidade em que consumidores localizados dentro da mesma área de concessão da distribuidora usufruem de energia gerada por um mesmo sistema, através da compensação remota.

Com 17.820 placas fotovoltaicas em um terreno de 83.000 m², o primeiro parque terá uma potência fotovoltaica de 5.880,60 quilo-watt pico (kWp, que corresponde à quantidade de energia elétrica que pode ser produzida no pico de sua potência). Já o segundo terá 18.444 placas, em uma área de 87.000 m², com potência de 6.086,52 kWp. Os locais de Uberlândia onde serão construídas as usinas já estão definidos e possuem as respectivas autorizações de conexão por parte da Cemig- um parque ficará na região norte da cidade e outro na região leste.

Compartilhe:

Prefeitura de Uberlândia

AV. ANSELMO ALVES DOS SANTOS, 600 - SANTA MÔNICA - CEP: 38408-150 - Serviço de Informação Municipal (SIM): (34) 3239-2800 / PABX: (34) 3239-2444

Atendimento ao público: Segunda à sexta-feira das 12h às 17h.