SECRETARIAS E ÓRGÃOS »

Menu


Secretarias


Gabinete


Administração Indireta

Projetos e Ações da Prefeitura de Uberlândia - Saúde

A Rede de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente (RASCA) faz parte das Redes Temáticas da Secretaria Municipal de Saúde do município de Uberlândia e é responsável pelo planejamento e desenvolvimento das ações de atenção integral à saúde das crianças e dos adolescentes, atuando em consonância com a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança e as Diretrizes de Atenção Integral a Saúde dos Adolescentes.

O Programa tem como metas: garantir o nascimento seguro e humanizado; a atenção à saúde do recém-nascido; o apoio, promoção e proteção ao aleitamento materno; o estímulo ao desenvolvimento integral na primeira infância; o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento (puericultura); a prevenção de violências e a promoção da cultura de paz; e a redução da mortalidade infantil através de ações estratégicas baseada nas investigações dos óbitos infantis de residentes no município.

Toda rede de saúde do município de Uberlândia está organizada para atender crianças e adolescentes nos seus diversos pontos de atenção: UBSFs (Unidades Básicas de Saúde da Família), UBS (Unidades Básicas de Saúde), UAIs (Unidades de Atendimento Integrado), o CAPSia (Centro de Atenção Psicossocial da Infância e Adolescência), Centro de Convivência e Cultura da Saúde Mental, Consultório de Rua e Unidade de Acolhimento (Saúde Mental). Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia, A rede também conta com o Programa Aninhar que são salas de atendimento humanizado aos recém-nascidos e seus familiares, para a realização das ações do quinto dia de vida do bebê (realização do Teste do Pezinho; avaliação/orientação sobre a Amamentação, cuidados com os recém-nascidos e icterícia; orientação puerperal para a mulher no pós-parto) e posteriormente, enquanto a família precisar.

O município também oferece todas as vacinas que compoêm o calendário básico de imunização, através do Programa Municipal de imunuzação.

A Sede da RASCA se situa no Anexo I da Secretaria Municipal de Saúde – av João Naves de Ávila 2202, sala 206, 2º andar. Telefone 3253-5432. Horário de funiconamento: 7h às 17hs.

FLUXOS DE PACIENTES DE ZERO A 12 ANOS E 11 MESES NA REDE DE SAÚDE PÚBLICA DE UBERLÂNDIA

1. TESTES DE TRIAGEM NEONATAL

Teste do Olhinho

O teste do reflexo vermelho é uma ferramenta de rastreamento de alterações que possam comprometer a transparência dos meios oculares, tais como catarata (alteração da transparência do cristalino), glaucoma (alteração da transparência da córnea), toxoplasmose (alteração da transparência do vítreo pela inflamação), retinoblastoma (alteração da transparência do vítreo pelo tumor intraocular), descolamentos de retina tardios.

No Estado de Minas Gerais, o Teste do Olhinho é lei desde 2007 - Lei nº 16.672, de 08/01/2007, que obriga o Estado a disponibilizar gratuitamente o Teste do Reflexo Vermelho (teste do olhinho):

Art. 1º É obrigatória a realização do Teste do Reflexo Vermelho em recém-nascidos no Estado.
§ 1º O exame a que se refere o caput deste artigo será realizado logo após o nascimento e antes da alta hospitalar.
§ 2º Detectada alguma alteração no resultado do Teste do Reflexo Vermelho, o recém nascido será encaminhado ao oftalmologista para a realização do exame de fundo de olho e tratamento adequado, se for o caso.

Desde junho de 2010, o pagamento do “Teste do Olhinho” por todos os planos de saúde é obrigatório, segundo decidiu a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Os nascidos no HC-UFU ou no Hospital Municipal já fazem em todos os bebês antes da alta.

Se nascidos em outros hospitais e não tem convênio, a referência é: Ambulatório Oftalmológico CASE - Av Rondon Pacheco 2222. Tel: 3237-2215

Para agendar, o responsável pelo paciente precisa apresentar o pedido na unidade de saúde de referência que, através de sua própria Central de Marcação de Consultas, agendará o dia e horário.

Teste da Linguinha

Apesar de ainda não ser rotina na maioria dos hospitais, se o pediatra notar que há anquiloglossia o local de atendimento é:

Ponto de atendimento para frenotomia lingual: Universidade Federal de Uberlândia (UFU): Hospital Odontológico da UFU – Clínica de Odontopediatria Horário de atendimento: às quintas-feiras, das 14 h às 17 h. Para agendar: Fone: (34) 3225-8121 (falar com o reponsável).

Endereço: Rua República do Piratini, s/n°. BL. 4L – Bairro Umuarama; CEP: 38405-349.

Documentos necessários: Carteira de identidade ou Registro de nascimento.

Teste da Orelhinha

O Teste da Orelhinha ou Triagem Auditiva Neonatal é um exame importante para detectar se o recém-nascido tem problemas de audição. Após a sua realização é possível iniciar o diagnóstico e o tratamento das alterações auditivas precocemente.

Por lei todas as crianças devem sair da maternidade com o teste com data marcada, ele é gratuito. O agendamento segue o seguinte fluxo:

Nascidos no HC-UFU e Hospital Municipal: são agendados diretamente pela maternidade para o serviço de Fonoaudiologia do HC-UFU- Ambulatório Amélio Marques- Avenida Pará, 1720, Umuarama Uberlândia - MG , CEP: 38405-320 - Tel: 3218-2065.

Nascidos em outros hospitais, que não tem convênio de saúde que cobre o teste: O hospital faz o encaminhamento solicitando agendamento, e, assim que disponibilizada a vaga o hospital entrará em contato com a família informando sobre a data e horário do exame.

Teste do Coraçãozinho

Por lei federal o Teste da oximetria: Realizar a aferição da oximetria de pulso, em todo recém-nascido aparentemente saudável com idade gestacional > 34 semanas, antes da alta da Unidade Neonatal.

Se positivo, fazer Ecocardiograma ainda na maternidade e encaminhar via Central de Regulação ao local adequado para manejo de cada cardiopatia específica. Se não foi feito por algum motivo, qualquer médico com um oxímetro pode realizar.

Teste do Pezinho

O Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN) conhecido como “Teste do Pezinho” foi criado e implementado pela Portaria do Ministério da Saúde MG/MS n.º 822/01 em 2001, tem como objetivo detectar e tratar precocemente doenças, que se prevenidas evitam seqüelas como a deficiência mental e outras

É oferecido gratuitamente à população dos 853 municípios de Minas Gerais por meio do Programa de Triagem Neonatal de Minas Gerais (PTN-MG), viabilizado pelo NUPAD em Belo Horizonte.

Deve ser realizado no 5º dia de vida e impreterivelmente até 30º dia de vida. Se perdeu o prazo, o responsável pelo bebê deve procurar a unidade de saúde de referência e o médico poderá pedir: TSH (detecta hipotireoidismo); Dosagem de Fenilalanina até 90 dias de vida (detecta fenilcetonúria), Eletroforese de Hemoglobina após 4 meses de vida (para Doença Falciforme), quanto ao diagnóstico de Fibrose Císitca, ele ficará sob critérios clínicos ou através do pedido do Teste do Cloro no Suor a ser realizado no serviço particular e o da Deficiência de Biotinidase e da Hiperplasia Suprarenal Congênita (dosagem de 21-hidroxilase) só em laboratório particular.

Se positivo, o NUPAD- Núcleo de Estudos e Apoio Diagnóstico de Belo Horizonte liga no Programa Saúde da Criança e do Adolescente (RSCA) comunica o Serviço Social da Rede de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente, que providencia o contato para providências de reteste, quando necessário, ou já encaminha para os locais de acompanhamento. Também faz a visita domiciliar para avisar a família e orientar sobre a consulta e dúvidas.

Contato: 3253-5432.

Endereço: Av. João Naves de Ávila, 2202, bairro Santa Maria, Anexo 1 da Saúde

Horário: das 7h às 13h

• Hipotireoidismo

Ambulatório de Hipotireoidismo Congênito, no ambulatório de pediatria do HC-UFU-Endereço: Av. Pará, 1720 – CEP-38405-320 – Campus Umuarama

Telefone: (34) 3218-2258 – (34) 3218-2435

• Fenilcetonúria

Ambulatório São Vicente do Hospital das Clínicas/UFMG: Alameda Álvaro Celso, 271, 1º andar, Santa Efigênia, Belo Horizonte – MG.

Telefone: (31) 3409-8917

• Doença Falciforme

Hemocentro Regional de Uberlândia - Av. Levino de Souza, 1845 - Umuarama, Uberlândia – MG.

Telefone: 3222-8801

• Fibrose Císitica

Ambulatório de Pneumologia Infantil do HC-UFU.

• Deficiência da Biotinidase (precisa de preenchimento de Tratamento Fora de Domícilio- TFD)

Ambulatório São Vicente – Hospital das Clínicas/UFMG. Alameda Álvaro Celso, 271, 1º Andar, Santa Efigênia, Belo Horizonte – MG.

Telefone: (31) 3409-9566

• Hiperplasia Adrenal Congênita (precisa de preenchimento de Tratamento Fora de Domícilio- TFD)

Ambulatório São Vicente do Hospital das Clínicas/UFMG: Alameda Álvaro Celso, 271, 1º andar, Santa Efigênia, Belo Horizonte – MG.

Telefone: (31) 3409-9566

• Toxoplasmose Congênita

Se nasceu no Hospital Municipal com peso > 1500g - Ambulatório Hebert de Souza - Endereço: Rua Avelino Jorge do Nascimento, 15, bairro Presidente Roosevelt, aos cuidados da pediatra responsável.

Se nasceu no Hospital Municipal com Peso < 1500g ou em outros hospitais ou mudou-se para Uberlândia - Ambulatório de Neonatologia no CER - Centro Especializado em Reabilitação - Endereço: Rua Cesário Alvim, 4513, bairro Custódio Pereira.

Se nasceu no HC-UFU - Ambulatório de Neonatologia da UFU - Ambulatório de pediatria do HC - Endereço: Avenida Pará, 1720, bairro Umuarama.

2. PROGRAMA DE ATENDIMENTO AOS PORTADORES DE LESÕES LÁBIOS PALATAIS

Público alvo: Pacientes e suas famílias desde o nascimento do bebê até a idade adulta, bem como, quaisquer pacientes que possuem a fissura, de acordo com as necessidades relacionadas.

Forma de encaminhamento: Encaminhamento médico.

Endereço: Av. João Naves de Ávila, 2202 – Sala 105, bairro Santa Maria

Telefone: (34) 3253.5426.

3. AMBULATÓRIO DE SÍNDROME DE DOWN

Público Alvo: Pacientes com Síndrome de Down (até 12 anos e 11 meses), residentes em Uberlândia, que não estão sendo seguidos no ambulatório específico da UFU.

Forma de encaminhamento: Encaminhamento médico da rede de saúde do município.

APAE Uberlândia: Endereço: Rua João de Barro nº 396, bairro Cidade Jardim.

Horário de atendimento: quinta-feira às 13:00 horas

4. AMBULATÓRIO HEBERT DE SOUZA- “DST/ AIDS” (Doenças sexualmente transmissíveis ou de transmissão vertical como SÍFILIS E TOXOPLASMOSE)

Público Alvo: Todas as idades com suspeita de DSTs ou doenças de transmissão vertical como Toxoplasmose/ Sífilis congênita.

Forma de encaminhamento: Agendamento feito pela Unidade de saúde de referência.

Telefone: 3215-2444

Endereço: Endereço: Rua Avelino Jorge do Nascimento, 15, bairro Presidente Roosevelt

Horário de atendimento: 06:00 às 18:00 horas.

5. CRIANÇAS COM QUALQUER TIPO DE DEFICIÊNCIA (FÍSICA OU MENTAL) OU ATRASO DO DESENVOLVIMENTO NEUROPSICOMOTOR- “JUNTA REGULADORA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA”- Isso inclui casos de MICROCEFALIA PELO ZIKA VÍRUS

Público Alvo: Para qualquer criança ou adolescente (qualquer idade) com deficiência física ou mental ou atraso de desenvolvimento neuropsicomotor.

Forma de encaminhamento: Encaminhamento médico para a Junta Reguladora via SisReg, esta fará a triagem para os diferentes serviços de reabilitação que existem na cidade: CER,  CERTO, APAE, AACD, entre outros.

Endereço: Avenida João Naves de Ávila, 2202, sala 205 – Anexo 1 da Saúde, bairro Santa Maria.

Telefone: 3253-5432

6. CAPSia - CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL À INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA

O CAPS presta atenção psicossocial e deve realizar prioritariamente o atendimento de pacientes com transtornos mentais severos e persistentes e/ou problemas decorrentes do uso de álcool e drogas, em regime de tratamento intensivo, semi-intensivo e não-intensivo. Uberlândia conta com um CAPSi para o atendimento de crianças e adolescentes de 0 a 18 anos de idade, por meio das ações em saúde mental da equipe multiprofissional (médico – Clínico, médico – Psiquiatra infantil, psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros, técnicos em enfermagem entre outros). O CAPSi possui leitos de retaguarda para hospitalidade noturna de crianças e adolescentes caso seja necessária esta modalidade de cuidado no PTS (Projeto Terapêutico Singular) da criança ou adolescente.

Endereço: Rua Rafael Lourenço, 159, bairro Saraiva

Telefone: 3210-0046

Horário de atendimento: 2ª a 6ª feira – 8h às 17h

Acolhimento psicossocial final de semana e à noite para demandas associadas ao uso de álcool e drogas:

CAPS AD III

Endereço: Avenida Teresina, 1987, bairro Umuarama

Telefone: 3227-8583

LISTA DE ABREVIATURAS E DE SIGLAS

AACD - Associação de Apoio à Criança Deficiente
ANS - Agência Nacional de Saúde
APAE - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais
CAPS - AD - Centro de Atenção Psicossocial- Álcool e Drogas
CAPSia - Centro de Atenção Psicossocial da Infância e Adolescência
CER - Centro Especializado de Reabilitação
CERTO - Centro Evangélico de Reabilitação e Trabalho Orientado
HC-UFU - Hospital de Clínicas- Universidade Federal de Uberlândia
MG - Minas Gerais
NUPAD - Núcleo de Estudos e Apoio Diagnóstico de Belo Horizonte
PNTN - Programa Nacional de Triagem Neonatal
PTN- MG - Programa de Triagem Neonatal de Minas Gerais
PTS - Projeto Terapêutico Singular
RASCA - Rede de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente
TFD - Tratamento Fora de Domicílio
UAI - Unidade de Atendimento Integrado
UBS - Unidade Básica de Saúde
UBSF - Unidade Básica de Saúde da Família
UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais
UFU - Universidade Federal de Uberlândia

Prefeitura de Uberlândia

AV. ANSELMO ALVES DOS SANTOS, 600 - SANTA MÔNICA - CEP: 38408-150 - Serviço de Informação Municipal (SIM): (34) 3239-2800 / PABX: (34) 3239-2444

Atendimento ao público: Segunda à sexta-feira das 12h às 17h.