•  
  •  
  •  
    Rádio Uberlândia
    Canal Uberlândia

    AGÊNCIA DE NOTÍCIAS


    15/01/2013 17h32- Atualizado em 15/01/2013 17h39

    Corpo de Bombeiros quer reduzir tempo de resposta no atendimento


    Responsável por uma área que abrange o norte Triangulino e o noroeste do Estado, o 5º Batalhão de Bombeiros Militar de Minas Gerais (BBMMG) tem planos para diminuir o tempo médio de resposta no atendimento às vítimas de dez minutos para seis em Uberlândia. A projeção foi um dos principais assuntos tratados durante a visita do prefeito Gilmar Machado e da secretária municipal de Antidrogas e coordenadora da Defesa Civil, Flávia Carvalho, ao Batalhão. O comando da unidade destacou ainda sobre os trabalhos desenvolvidos em Uberlândia e região.

    Hoje a corporação conta com pontos de apoio em quatro das cinco regiões da cidade. O comandante do 5º BBMMG, tenente-coronel Itamar Caetano Filho, solicitou apoio ao município na construção de um posto na zona oeste de Uberlândia, a única zona sem uma referência. “A iniciativa faz parte do projeto de redução no tempo de resposta. A situação atual em Uberlândia é boa, mas queremos melhorar cada vez mais dentro do possível”, comentou.

    Com um efetivo de 318 militares, o Corpo de Bombeiros de Uberlândia é um dos que mais atendem ocorrências em todo o estado de Minas Gerais. Em 2008, foram 13.782 ocorrências, dentre elas, busca e salvamento, explosão e incêndio, prevenção e vistoria e outras. No ano passado, o número saltou para 22.878 ocorrências. “Vários fatores são responsáveis por esse aumento, como por exemplo, o aumento da cidade e da densidade urbana”, apontou o comandante.

    Além dos dados operacionais, o Batalhão apresentou os projetos sociais desenvolvidos em prol da comunidade. Aulas de natação, atendimento às pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, cursos de primeiros socorros e brigada de incêndio, além de projetos específicos para crianças e terceira idade fazem parte das ações do 5º BBM.

    Para dar apoio à realização desses projetos, o prefeito Gilmar Machado reforçou o comprometimento da Prefeitura com o Corpo de Bombeiros. “Estamos à disposição para executar essas ações em parceria. As escolas municipais estão abertas para receber os projetos e assim trabalhar a cidadania e o civismo com nossos alunos”, salientou.

    O prefeito anunciou ainda que vai licitar a construção de três Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), nas zonas norte, leste e oeste. As novas unidades vão auxiliar o trabalho dos bombeiros, visto que hoje as principais portas de entrada das vítimas socorridas pela corporação são as UAIs e o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). A criação do Samu também vai desafogar o trabalho dos bombeiros que poderão direcionar os atendimentos a outras ocorrências simultâneas.

      Av. Anselmo Alves dos Santos, 600 - Santa Mônica
      CEP: 38408-150 Fone: (34) 3239-2444