•  
  •  
  •  
    Rádio Uberlândia
    Canal Uberlândia

    AGÊNCIA DE NOTÍCIAS


    21/02/2014 09h48- Atualizado em 21/02/2014 15h52

    Monitores do programa “Mais Educação” traçam metas para 2014


    Com a proposta de tornar as escolas municipais espaços mais democráticos e reveladores de talentos, a Secretaria Municipal de Educação (SME) realizou nesta sexta-feira (21) o primeiro encontro dos monitores do programa “Mais Educação”. Cerca de 100 participantes do programa se reuniram no Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz (Cemepe) para atividades de formação continuada, na qual atualizaram conhecimentos e traçarem metas e melhorias para 2014.

    Waquilla Correia é monitor desde 2013 nas escolas Professor Domingos Pimentel de Ulhôa, Professora Olga Del Fávero e Eurico Silva. Ao trabalhar disciplinas como teatro e dança, ele descobriu talentos inimagináveis nos alunos. “Existem, por exemplo, passos no balé que são de alta complexidade e precisam de anos de treino. No ano passado tive alunos do Mais Educação que aprenderam em poucos meses”, disse, acrescentando ter presenciado outras melhorias no comportamento dos participantes. Para este ano, o monitor está com boas expectativas e aprovou a iniciativa da formação continuada, que promoverá encontros mensais entre os monitores e coordenadores do programa.

    “Nossa intenção é sempre melhorar. Já percebemos avanços em 2013 e vamos obter resultados ainda melhores em 2014”, garantiu o coordenador do programa Mais Educação, Alcides Melo, da SME.

    O encontro com os monitores foi o segundo promovido pela SME nesta semana com foco no Mais Educação. Na segunda-feira (17), 60 diretores e professores participaram de uma reciclagem. Os próximos encontros terão a participação de profissionais de algumas instituições, entre elas a Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

    O programa

    O Mais Educação teve início no Brasil em 2008, pelo Ministério da Educação, para ampliar a jornada escolar e modernizar os currículos escolares. O programa incentiva atividades com base em estudos feitos pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e resultados da Prova Brasil. Com ele são observados os impactos que as escolas têm na vida social e no aprendizado dos estudantes.

    Ao aderir, cada escola pode optar por trabalhar atividades de acordo com seu projeto educativo. Podem ser promovidos acompanhamentos pedagógicos e ações nas áreas de meio ambiente, esporte, lazer e direitos em educação, além de cultura, artes, cultura digital, saúde, comunicação e mídias.

    Em Uberlândia, desde o ano passado o programa está em fase de ampliação. Ao final de 2013, eram atendidas 15 escolas e em 2014, o número saltou para 29, um aumento de 93%. Com isto, duplicou o número de alunos que era cerca de dois mil. A expectativa é que ao final de 2014 sejam atendidas todas as atuais 55 escolas municipais de ensino fundamental existentes, uma ampliação que equivale a 270% se comparado ao início de 2013. O enfoque do programa também terá novidades e serão levados para praças e outros espaços públicos. 

      Av. Anselmo Alves dos Santos, 600 - Santa Mônica
      CEP: 38408-150 Fone: (34) 3239-2444