•  
  •  
  •  
    Rádio Uberlândia
    Canal Uberlândia

    AGÊNCIA DE NOTÍCIAS


    26/03/2014 11h15- Atualizado em 26/03/2014 14h59

    Uberlândia tem 100% de inclusão escolar


    O município de Uberlândia tem 100% dos alunos especiais recebendo educação nas escolas da rede pública municipal. São 1.400 crianças com alguma necessidade especial, distribuídas em 101 colégios do município - 49 de Educação Infantil, 40 do Ensino Fundamental Urbano e 12 na zona rural. A notícia foi destaque em nível nacional pelo site Só Notícia Boa, no último sábado (22).

    Na cidade, 12 escolas têm alunos com surdez. Em todas elas, há intérprete de Libras que acompanham as aulas. Já os estudantes com deficiência visual (cegueira total) estudam por meio do sistema de escrita Braille e de leitores de tela do notebook em sala de aula. Alunos com deficiência múltipla e/ou com dificuldade de comunicação utilizam softwares de comunicação alternativa.
     
    Estudantes que possuem mobilidade reduzida e que necessitam de ajuda para alimentação, higienização e locomoção têm um cuidador, profissional responsável por auxiliá-los em suas necessidades da vida diária, enquanto estiverem no contexto da escola.
     
    “A rede municipal de ensino conta também com o professor de apoio para auxiliar em sala de aula os alunos com deficiência múltipla, bem como os que possuem transtorno do espectro autista”, explica Marta Emídio Pereira, responsável pela educação especial do município e coordenadora do Programa Educação Inclusiva: Direito à Diversidade, no MEC.
     
    Todas as escolas da cidade aptas a receber pessoas com algum tipo de deficiência têm uma ajuda especial. É o Atendimento Educacional Especializado (AEE), que identifica, elabora e organiza os recursos pedagógicos e de acessibilidade para facilitar a participação de cada aluno. O AEE ocorre sempre em turno inverso ao do ensino regular, na própria escola onde o estudante está matriculado. 
     
    Hoje, 265 profissionais participam do AEE, todos com conhecimento específico da Língua Brasileira de Sinais (Libras), do sistema de escrita Braille e do Soroban (calculadora para pessoas com deficiência visual).
     
    Os atendimentos são feitos em espaços preparados com toda a infraestrutura necessária para atender aos estudantes com necessidades especiais. Das 117 escolas da rede municipal de ensino de Uberlândia, 75 já foram contempladas com as Salas de Recursos Multifuncionais (SRM).
     
    O trabalho de inclusão é feito com recursos do próprio município e com investimentos do Ministério da Educação, como recomenda a Organização das Nações Unidas de educação inclusiva.
     
    O trabalho realizado nas escolas do município é uma questão de cidadania, diz a secretária de Educação de Uberlândia, Gercina Novais: "Optamos por desenvolver uma política educacional inclusiva. Temos desenvolvido várias ações na área, cujo eixo é a inclusão de todos, permitindo a igualdade de oportunidades. O que estamos fazendo é oferecer condições de aprender e de ensinar”, diz.
     
      Av. Anselmo Alves dos Santos, 600 - Santa Mônica
      CEP: 38408-150 Fone: (34) 3239-2444