Notícias

Uberlândia tem 16 convocados para Jogos Parapan-Americanos

Dentre eles, estão paratletas das equipes CDDU/Futel de halterofilismo e Aparu/Futel de atletismo
17 de julho de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Com participação de 16 paratletas de Uberlândia, o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) divulgou a delegação que representará o país nos Jogos Parapan-Americanos 2019. Dentre os convocados de Uberlândia estão membros das equipes CDDU/Futel de halterofilismo e Aparu/Futel de atletismo. A competição ocorrerá em Lima, no Peru, a partir de 23 de agosto. No total, são 512 integrantes, de 23 estados e do Distrito Federal, que disputarão provas em 17 modalidades diferentes.

Os convocados da CDDU/Futel são Amanda Aparecida Santos de Sousa, Ângela Faria Teixeira, Elizete Ernestina de Araujo, Lara Aparecida Ferreira Sullivan de Lima, Luciano Bezerra Dantas, Mateus de Assis Silva e Rodrigo Rosa de Carvalho Marques, que serão acompanhados pelo treinador Weverton Lima dos Santos e pela auxiliar técnica Emilene Rosa Alves dos Santos. Já a Aparu/Futel teve Mauro Evaristo de Sousa e Rodrigo Parreira da Silva como convocados.

O número de brasileiros convocados é o maior na história das participações brasileiras no Parapan, sendo 24% maior que o da última competição, ocorrida em Toronto no ano de 2015. De Minas Gerais, são 26 paratletas, o que dá ao estado a quarta maior delegação do país, atrás apenas de São Paulo (101), Rio de Janeiro (35) e Paraná (28).

Segundo a auxiliar técnica da equipe CDDU/FUTEL de halterofilismo, Emilene dos Santos, a expectativa para a dosíta é bastante positiva. “Uberlândia tem um número significativo de vitórias importantes no halterofilismo, o que esperamos repetir no Parapan”, afirmou.

Outros atletas

Ainda de Uberlândia foram convocados os ciclistas Mateus Rodrigues Carvalho e Oscar Carvalho (calheiro), da bocha; Eduardo Ramos Garcia; os nadadores Laila Suzigan Garcia, Gabriel Melone de Oliveira, Guilherme Batista Silva, Vanilton Antônio do Nascimento Filho e o técnico Alexandre Silva Vieira (técnico), além de Gustavo Carneiro Silva e Raphael Oliveira de Moraes (técnico), que disputam tênis em cadeira de rodas.

Também fazem parte da comissão do Comitê Paralímpico Brasileiro o chefe da missão, Alberto Martins da Costa; o fisioterapeuta Vander Fagundes e a classificadora Patrícia Silvestre de Freitas.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
All articles loaded
No more articles to load

Destaques

All articles loaded
No more articles to load

Veja Também