Prefeitura viabiliza novo espaço de acolhimento a idosos

Além de investir R$ 600 mil para a conclusão da estrutura, Município subvencionará o atendimento a partir do próximo ano
2 de agosto de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Nesta sexta-feira (2), o prefeito Odelmo Leão assinou um termo de parceria com a Fundação Filadélfia para a construção da Casa Dia e Noite, um local que oferecerá cuidado e acolhimento a idosos. A estrutura localizada no bairro Jardim Panorama já está parcialmente erguida e será concluída graças a um investimento de aproximadamente R$ 600 mil do Município. A previsão é que o equipamento comece a atender a população a partir do próximo ano. A ordem de serviço foi assinada durante solenidade no Centro Administrativo, com a presença de aproximadamente 300 idosos.

Abrangendo uma área total de 8 mil m² (com dormitórios, alojamentos, refeitórios e áreas administrativas), o equipamento está localizado no encontro da avenida dos Ipês com a rua das Orquídeas. Após a conclusão, o atendimento será prestado mediante subvenção da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth), beneficiando pelo menos 100 idosos em situação de vulnerabilidade.

O prefeito Odelmo Leão comemorou mais esta conquista para o município. “Gosto sempre de dizer que a área social é uma de nossas prioridades. Estamos focados em promover ações que, de fato, melhoram a vida das pessoas. Com este equipamento, poderemos oferecer dignidade a idosos que, muitas vezes, são abandonados até pela própria família. Isso é trabalhar com responsabilidade e comprometimento com o nosso povo”, destacou.

Trabalho permanente

Serão prestados dois tipos de atendimento. Em um espaço chamado Centro Dia, os idosos serão acolhidos durante permanência diurna, com proteção e convivência oferecidas a pessoas cujas famílias não tenham condições de prover esses cuidados. Enquanto isso, o local também funcionará como uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI), com acolhimento em tempo integral de pessoas na terceira idade que tiveram esgotadas as possibilidades de autossustento e convívio com familiares.

“A primeira parte é terminar a obra com o recurso voltado para a construção. A previsão é que seja terminada até o fim do ano e depois vem o convênio de subvenção para manutenção e administração em cima do atendimento. A expectativa é atender cerca de 100 idosos nas duas modalidades”, explicou o presidente da fundação, Neemias Miqueias.

Esta será a quinta instituição subvencionada pela Sedesth para acolhimento permanente de idosos. Atualmente, 190 vagas já são ofertadas por meio de parcerias com a Fundação de Ação Social Evangélica Rev. Adão Bomtempo, Grupo Espírita André Luiz, Instituição Social São Vicente e Santo Antônio e Núcleo Social Jesus de Nazaré.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também