Notícias

Seleção brasileira vence e se classifica para Olimpíadas de Tóquio

Prefeito Odelmo Leão compareceu à Arena Sabiazinho e participou da premiação às vencedoras
5 de agosto de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Arena Sabiazinho viveu um momento histórico neste sábado (3), com a classificação do Brasil para as Olímpiadas de Tóquio, em 2020. A vaga veio após vitória no tie-break contra a seleção da República Dominicana, em partida válida pelo Torneio Pré-Olímpico de Vôlei Feminino, realizado em Uberlândia entre 1º e 3 de agosto. O prefeito Odelmo Leão prestigiou o evento e participou da premiação às atletas.

O Brasil venceu os dois primeiros sets, por 25 a 22 e 25 a 19, mas perdeu os dois seguintes, por 25 a 23 e 25 a 18. No tie-break, incentivadas pelos torcedores que lotaram a Arena Sabiazinho, as donas da casa fizeram 15 a 10 e fecharam o jogo.

Anteriormente a seleção já havia vencido Camarões (no dia 1°, por 3 sets a 0) e Azerbaijão (no dia 2, por 3 sets a 2).

Premiação

Logo após a partida decisiva, o prefeito Odelmo Leão, acompanhado por dirigentes da Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV) e da Federação Mineira de Vôlei (FMV), entregou à seleção um boneco que representa o passaporte para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Ele ainda cumprimentou as atletas e a comissão técnica do Brasil e recebeu uma placa de homenagem da CSV e FMV no intervalo entre o primeiro e o segundo set.

Após o jogo, a seleção foi bastante aplaudida pelos torcedores. “Receber esse apoio foi essencial, principalmente porque sabíamos que seria um jogo difícil. Só temos a agradecer a recepção que tivemos em Uberlândia, cidade que tem pessoas muito alegres, carinhosas e fundamentais para a nossa classificação para as Olimpíadas”, disse a levantadora Macris.

Amor ao vôlei

Em todo o mundo, apenas seis cidades foram escolhidas para sediar o Pré-Olímpico, sendo elas Uberlândia (Brasil), Ningbo (China), Shreveport-Bossier City (Estados Unidos), Catânia (Itália), Breslávia (Polônia) e Kaliningrado (Rússia).

Isso demonstra a excelente estrutura do município, em especial da Arena Sabizinho, e o amor do uberlandense pelo vôlei. Prova disso é que a partida desse sábado (3) reuniu moradores de vários bairros da cidade e de diversas faixas etárias. “É uma grande honra para todos nós vermos Uberlândia sediar uma competição tão importante, ainda mais com a classificação do Brasil para as Olimpíadas”, disse Pedro Silva de Oliveira, de 66 anos, morador do bairro Custódio Pereira.

“Gostei muito de assistir ao jogo e fico bastante feliz em ver nossa cidade realizar um evento internacional tão importante”, completou Murilo Rodrigues, de 12 anos, morador do bairro Umuarama. 

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também