Notícias

Prefeitura de Uberlândia inicia montagem de estrutura para a Camaru 2019

Espaço da administração municipal é voltado para a valorização dos produtores e fomento da gastronomia e cultura rural
22 de agosto de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Cleiton Borges/Secretaria de Governo e Comunicação

A poucos dias do início de uma das maiores feiras de agronegócio do Brasil, a Prefeitura de Uberlândia já iniciou a montagem de uma grande estrutura na 56ª Exposição Agropecuária de Uberlândia – Camaru. Novamente, a Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos apoiará o evento, promovido pelo Sindicato Rural, com o funcionamento do Espaço Gastronômico entre os dias 30 de agosto e 8 de setembro no Parque de Exposições.

A estrutura contará com um ambiente voltado para a valorização dos pequenos produtores, por meio do fomento à gastronomia e cultura rural. “É uma das nossas prioridades impulsionar e estimular o empreendedorismo rural em todas as suas vertentes. Já montamos a estrutura nos anos anteriores, mas a novidade agora é que teremos um espaço com cerca de 1 mil m² para atender com ainda mais conforto aos visitantes”, destacou a secretária interina de Agropecuária, Abastecimento e Distritos, Ana Paula Junqueira.

Durante os dez dias de exposição, a gestão municipal pretende fazer do espaço um dos principais pontos de visita do Camaru. “É um momento em que os produtores cadastrados no município terão a oportunidade de levar seus produtos e comercializá-los. Todas as mercadorias são inspecionadas e os produtores recebem acompanhamento técnico de perto. O espaço é uma forma de valorizá-los e levaremos renomados chefs para preparar receitas com ingredientes típicos da nossa culinária”, concluiu a secretária.

Foco no Agronegócio

O Espaço Gastronômico é mais uma ação municipal que integra o Programa de Desenvolvimento de Novos Negócios Rurais – Novo Agro. A iniciativa foi lançada no fim de 2017 para estimular o desenvolvimento da economia rural no município e transformar as atuações comerciais no campo. Com aproximadamente dois mil produtores beneficiados, já foram desenvolvidas diretrizes como a criação de novas leis, elaboração de postos de comercialização, auxílios, cursos e eventos.

Todas as atividades propiciaram uma atuação mais profissionalizada dos produtores uberlandenses em seis pilares principais: Piscicultura, Agroindústria de Pequeno Porte, Turismo Rural, Agroecologia, Gastronomia e, inserido recentemente, a Avicultura Caipira.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também

All articles loaded
No more articles to load