Notícias

Hélvio Lima exibe 50 anos de produção artística no aniversário de Uberlândia

Adélia Lima, esposa do artista plástico, também abrilhanta galerias públicas até outubro
26 de agosto de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Na comemoração de 131 anos de Uberlândia, a população é presenteada e convidada a celebrar os 50 anos que o artista plástico Hélvio Lima, de 72 anos, tem dedicado às artes. Com a exposição “Meu Universo Particular”, o uberlandense é convidado pela Secretaria Municipal de Cultura a expor o trabalho nas galerias municipais. O evento é acompanhado da exposição “Paixão”, que reúne obras da artista plástica Adélia Lima – esposa de Hélvio Lima.

A abertura ocorre na terça-feira (27) na Galeria Lourdes Saraiva Queiroz (oficina Cultural), às 20h. A exposição de Adélia Lima ocorre paralelamente na Sala Alternativa. Já na quarta-feira, a mostra de Hélvio Lima já poderá ser conferida também na Galeria Geraldo Queiroz e na Sala de Experimentações Visuais (Casa da Cultura), com abertura às 20h. Os trabalhos podem ser conferidos até 10 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 12 às 18h.

A coleção de Hélvio Lima reúne pinturas, desenhos e gravuras, exibindo diferentes técnicas desenvolvidas no estilo figurativo-moderno ao longo de cinco décadas. A temática é a figura humana e as paisagens que a cerca, principalmente as mutações do bioma cerrado. É uma oportunidade de reverenciar obras de acervo particular e de colecionadores.

Honrado em participar do aniversário da cidade natal, o artista plástico faz questão de contar que Uberlândia é uma das suas principais inspirações. “A cidade de Uberlândia, desde sempre, me trouxe inspiração para criar o meu trabalho artístico. Os monumentos tradicionais das praças, como o coreto e o Museu Municipal, o casario do Fundinho e suas ruas estreitas são meus temas constantes. A figura humana, o movimento popular dos bairros e distritos, a simplicidade do cotidiano das pessoas e o filtro do meu olhar artístico em traços e cores próprias são marcas pessoais do meu estilo”, destacou.

Como curador da exposição, o artista plástico adiantou que os visitantes também poderão conferir um álbum com certificados, textos críticos de algumas exposições, premiações e participações culturais realizadas no Brasil e exterior.

Mostra “Paixão”

Os sentimentos e as relações humanas moldados pelas mãos da artista plástica Adélia Lima traduzem a exposição “Paixão”. A mostra exibida na Sala alternativa da Galeria Lourdes Saraiva Queiroz reúne esculturas em terracota. São trabalhos confeccionados desde 1982, que representam um convite a um ressignificado para a vida.

Prestigie!

Galeria Loudes Saraiva Queiroz (Oficina Cultural)

– 20h – Terça-feira (27) – “Meu Universo Particular”, de Hélvio Lima

– 20h – Terça-feira (27) – “Paixão” (na Sala Alternativa), de Adélia Lima

Galeria Geraldo Queiroz e Sala de Experimentações Visuais (Casa da Cultura)

– 20h – Quarta-feira (28) – “Meu Infinito Particular”, de Hélvio Lima

Visitações até 10 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 12 às 18h.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Destaques

All articles loaded
No more articles to load

Veja Também