Notícias

Equipes do Siate realizaram média de 70 atendimentos por dia

Em 72 horas de operação, profissionais atenderam solicitações em domicílio, vias públicas e também por telefone
3 de setembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Desde sábado (31), as equipes do novo Sistema Integrado de Atendimento a Trauma e Emergência (Siate) já estão em operação em Uberlândia. Por meio de uma parceria com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, o Siate busca aprimorar o atendimento pré-hospitalar ao contar com regulação única e equipes de atendimento mistas (profissionais do Município e militares). Com 72 horas de atividades, as equipes realizaram 217 atendimentos – uma média de 70 solicitações por dia. O balanço dos primeiros dias foi feito pelo prefeito Odelmo Leão, nesta terça-feira (3), durante coletiva na Prefeitura. 

“Buscamos um serviço que unisse a experiência dos bombeiros com o conhecimento dos nossos médicos da rede pública. Tudo isso com a intenção de implantar na saúde de Uberlândia um melhor atendimento ao cidadão. Com o Siate, as equipe têm no momento do chamado o prontuário com todo o histórico daquele paciente. Assim, o médico sabe qual remédio pode aplicar, se é seguro executar determinado procedimento. São ações que modernizam e garantem mais segurança no atendimento ano nosso povo”, destacou o prefeito.  

Dentre os chamados no 193, 172 foram atendimentos com ambulância em domicílio ou em via pública e 45 solicitações em que os médicos resolveram a situação por telefone. São 60 profissionais do município, entre enfermeiros, técnicos em enfermagem e médicos, além dos militares do Corpo de Bombeiros, que realizarão atendimento pré-hospitalar e de socorro da comunidade. Para o coronel André Casarim, é um serviço que veio para somar e melhorar o atendimento à população. 

“Mesmo com apenas três horas de operações, posso afirmar que houve uma melhora no nosso atendimento. Com seis ambulâncias aprimoramos nosso tempo de resposta dentro da cidade. Também aproveito para reforçar que é uma integração de competências para melhor atender a população”, comentou. 

Equipes mistas

base do Siate está instalada na sede do 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, localizada na avenida Rondon Pacheco. Diferentemente de outras cidades que têm serviço semelhante, o atendimento em Uberlândia será inédito pelo fato de contemplar equipes mistas.

Ou seja, as seis ambulâncias (das quais uma é UTI móvel) que atuarão no sistema serão compostas por bombeiros, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de contar com o apoio de uma regulação médica própria, na sede do Siate, para avaliação dos pedidos de socorro que chegam pelo número 193.

Os militares, ao observarem a necessidade de atendimento médico, direcionarão os chamados para a regulação médica. Esta equipe, se identificar a necessidade de um resgate, enviará uma ambulância ou UTI Móvel.

Com o Siate, a comunidade tem mais um serviço 24 horas à disposição, bem como segurança e atendimento integral diante das várias situações de emergências ou clínicas do dia a dia.

Confira características do Siate:

– Sistema municipal inédito de atendimento misto (profissionais do município e bombeiros) de traumas, emergências e casos clínicos pelo 193;  
– Equipes compostas por bombeiros, enfermeiros, médicos e técnicos de enfermagem da rede municipal;  
– Alia expertise de atendimento na rua dos militares ao conhecimento técnico dos profissionais municipais;  
– Regulação própria para análise dos chamados/atendimentos e direcionamento de conduta caso a caso;  
– Mais um serviço na Saúde 24h à disposição da população de Uberlândia. Atualmente, município oferece o pronto atendimento de oito Unidades de Atendimento Integrado (UAI) e a Central de Ambulâncias;  
– Base do Siate será instalada no 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, localizado na avenida Rondon Pacheco. Serão seis ambulâncias de resgate (incluindo UTI Móvel) para atendimento exclusivo do novo sistema.
Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também

All articles loaded
No more articles to load