Dmae alerta sobre agravamento do desabastecimento hídrico

13 de setembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) volta a alertar a população sobre a necessidade de economia de água em Uberlândia. Devido ao período estiagem, as vazões dos rios que abastecem a cidade continuam baixando ao mesmo tempo em que o consumo de água tratada pela população tem se elevado. Na tentativa de evitar o desabastecimento, o Dmae iniciou, nesta sexta-feira (13), manobras em registros do sistema de fornecimento nos bairros mais afetados. (Confira abaixo)

As equipes do Dmae também trabalharão em esquema de plantão, atuando 24 horas durante todo o fim de semana para monitorar e equilibrar o fornecimento de água. Além disso, o departamento iniciou nesta semana um trabalho de contenção de vazamentos em assentamentos.

Ressalta-se ainda que o Município, sob determinação do prefeito Odelmo Leão, intensificou a construção da primeira etapa do novo sistema de captação Capim Branco, que vai assegurar uma nova fonte de recursos hídricos para a cidade. Atualmente, são três frentes de trabalho. A adutora do sistema foi construída e 80% do restante das obras já estão concluídas.

A autarquia mais uma vez reforça à população a necessidade de se evitar desperdícios em ações como lavar calçadas, regar jardim, deixar torneira aberta ou ficar muito tempo no chuveiro. Isso, sobretudo, aos fins de semana, quando o consumo costuma aumentar consideravelmente. Usar a água de forma racional é a única maneira de impedir que esse recurso falte.

Bairros mais afetados:

Zona Leste

Alvorada

Chácaras Andorinhas

Jardim Finotti

Morumbi

Parque Novo Mundo

Santa Mônica

Segismundo Pereira

Vida Nova

Vila Marielza

Zona Sul

São Jorge

Laranjeiras

São Gabriel

Consumo diário em setembro

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também