Notícias

Escolas municipais começam a receber mais de 32 mil novas apostilas

Material adquirido pela Prefeitura é voltado para a realização da Prova Brasil e contribuirá para a formação dos alunos
13 de setembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Secretaria Municipal de Educação (SME) iniciou nesta semana a distribuição do material preparatório para a Prova Brasil nas suas escolas de ensino fundamental. Ao todo foram adquiridos 32.206 livros didáticos de Língua Portuguesa e Matemática e o uso será feito nas turmas do 2º ao 9º ano. Nesta sexta-feira (13), foi a vez E. M. Freitas Azevedo, no bairro Morada Nova, receber os exemplares.

O investimento da Prefeitura de Uberlândia para aquisição dos kits foi superior a R$ 4 milhões, provenientes da SME. As compras junto à editora Publicações Brasil Cultural Limitada ocorreram por meio de processo licitatório. Os livros permitirão que os alunos participem da Prova Brasil com um preparo mais amplo. Também irão melhorar todo processo de ensino e de aprendizagem oferecido na rede municipal de ensino. Ao todo, 7.202 alunos municipais deverão fazer os testes, sendo 4.945 do 5º ano e 2.257 do 9º ano. A avaliação está prevista para ocorrer no mês de outubro.

Implantada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), a Prova Brasil avalia a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos. A aquisição dos livros pela SME foi possível graças a uma parceria entre o Município e o Governo Federal, firmada em novembro do ano passado. O termo de compromisso permitiu ainda a execução de atividades para a execução do Programa Apoio Educação Básica – Prova Brasil – MP, que tem o objetivo de firmar estratégias e metodologias práticas para a evolução do ensino.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Tania Toledo, o material trará inúmeros benefícios para os alunos da rede. “Além do público alvo da Prova Brasil, que são os estudantes do 5º e do 9º ano, as apostilas também serão usadas em todas as turmas em 2020, o que enriquecerá o aprendizado dos estudantes”, ressaltou.

            A diretora da E. M. Freitas Azevedo, Lara Cristina Lara também aprovou a iniciativa. “O material contribuirá para diminuir as dificuldades dos alunos, além de auxiliar os professores e se somar ao planejamento anual”, destacou. Segundo ela, os professores também utilizarão os livros para estimular a autonomia e o raciocínio dos estudantes.

Para melhor uso dos livros, nesta semana, os professores do 5º e 9º ano e analistas pedagógicos receberam orientações durante reuniões realizadas pelo Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz (Cemepe).

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também