Notícias

Projeto da Prefeitura debate conscientização ambiental com a comunidade

Cine Ambiental contou com a participação de mais de 70 pessoas no Espaço Cultural do Mercado Municipal
18 de setembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Sempre preocupada em promover uma consciência ambiental, a Prefeitura de Uberlândia abordou o tema de um jeito diferente na noite desta quarta-feira (18). Por meio do projeto Cine Ambiental 2019, idealizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, foram exibidos dois documentários que abordam o assunto no Espaço Cultural do Mercado Municipal. O momento ainda contou com uma mesa redonda e debates.

Uma dos mais de 70 inscritos para assistir as produções “Uma Gota” (Route Brasil) e “Ser Tão Velho Cerrado” (André D’Elia) foi a estudante Gabriela de Oliveira. Ela destacou a abordagem proposta pelo município. “Essa união entre cultura e meio ambiente oferece um jeito novo de pensar sobre a importância do cuidado que devemos ter com o nosso planeta. E o debate logo após as exibições serve também para esclarecer e trazer novos pensamentos” destacou.

O evento ainda tratou sobre o Dia Mundial da Limpeza, marcado para o próximo dia 21, e  emitiu certificado para todos os participantes. “A administração do prefeito Odelmo Leão é extremamente preocupada com as boas práticas ambientais. Por isso,  nossa secretária tem buscado diversas maneiras de promover o tema e despertar a importância da conscientização” afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, João Junior.

Temáticas ambientais

Com o documentário “Uma Gota”, viabilizado por meio de financiamento coletivo, os produtores embarcaram na realidade da poluição de oceanos, lagoas e rios sob o ponto de vista do ativista Márcio Gerba. A película também aborda hábitos e práticas sustentáveis para minimizar os danos ambientais causados pelo consumismo.

Já na produção “Ser Tão Velho Cerrado”, um grupo de moradores da Chapada dos Veadeiros enfrenta os impactos do desmatamento. A situação contextualiza a necessidade de diálogo entre a comunidade científica, agricultores familiares, grandes proprietários de terra e defensores do meio ambiente.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também

All articles loaded
No more articles to load