Notícias

Reforma de sala que receberá hemodinâmica no Hospital Municipal avança

Local receberá o equipamento que permitirá ao Município realizar procedimentos em cardiologia
18 de setembro de 2019
Marco Crepaldi/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

A reforma da sala que abrigará um sistema de hemodinâmica, no Hospital e Maternidade Municipal Doutor Odelmo Leão Carneiro, avança com o compromisso de oferecer agilidade em procedimentos de cardiologia à população. O trabalho foi iniciado na última semana. O serviço, realizado por meio de um investimento de R$ 250 mil da Secretaria Municipal de Saúde, está a cargo da empresa uberlandense vencedora de licitação, Lok Service Tecnologia. A Secretaria Municipal de Obras fiscaliza a execução dos trabalhos.

A hemodinâmica possibilita exames de cateterismo e arteriografia, além do procedimento de angioplastia. A previsão é de que a instalação ocorra até o fim de novembro. A sala do sistema de hemodinâmica será dividida em três áreas: sala de exames e procedimentos cirúrgicos (onde ficará o equipamento), sala de comando (onde permanecem os técnicos que auxiliam os médicos) e sala técnica, para abrigar os painéis elétricos.

Marco Crepaldi/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

A reforma começou com isolamento dos sistemas hidráulico, elétrico, de gás medicinal e detector de incêndio. Simultaneamente, está sendo realizada a demolição de paredes e remoção do piso. Posteriormente, o espaço começará a ganhar as novas características funcionais e estéticas: parede de alvenaria com proteção radiológica, portas de chumbo, reforço no piso de concreto da laje para sustentar o sistema. Haverá também instalação de um ar condicionado especial, com a potência adequada e controle de umidade.

Marco Crepaldi/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Agilidade nos atendimentos

ordem de serviço foi assinada no início de setembro. O sistema de hemodinâmica possibilitará a descentralização dos serviços realizados duas vezes por semana no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). 

Em 2018, o Hospital Municipal deu início à realização das cirurgias cardíacas simples, representando um grande passo para o credenciamento junto ao Ministério da Saúde, que segue em andamento. Com isso, o município passa a receber recursos federais, que garantirão a continuidade do atendimento à população.

Hospital Municipal

Certificado em nível 2 pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), o Hospital Municipal atende os critérios de segurança exigidos, com gestão integrada, bem como qualidade nos serviços prestados. Por conta dessa avaliação, Uberlândia tornou-se, em 2017, a única cidade do Triângulo Mineiro com hospital público reconhecido no Brasil. Inaugurado em 2010, o complexo conta com 236 leitos, sendo 40 de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) adulto e 10 de UTIs neonatal.

Veja Também

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Configurações avançadas de cookies

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies.

Cookies estritamente necessários

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança, verificação de identidade e gestão de rede. Esses cookies não podem ser desativados em nossos sistemas. Embora sejam necessários, você pode bloquear esses cookies diretamente no seu navegador, mas isso pode comprometer sua experiência e prejudicar o funcionamento do site.

Cookies de terceiros

O portal uberlandia.mg.gov.br não tem controle sobre quais cookies de terceiros serão ativados. Alguns cookies de terceiros que podem ser encontrados ao acessar o portal:
Domínios: Google, Youtube, consulte mais em