Notícias

Oficina sobre metodologia de balé infantil segue com inscrições abertas

Aula ministrada pela bailarina Lu Braga integra grade do 27º Festival de Dança do Triângulo
20 de setembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Divulgação

Estimular a formação de dançarinos é um dos propósitos do 27º Festival de Dança do Triângulo, que ocorre entre setembro e novembro. Os amantes do balé infantil terão a chance de se aprimorar gratuitamente por meio da oficina ministrada pela bailarina e professora de renome nacional Lu Braga. A oportunidade é viabilizada pela Secretaria Municipal de Cultura com auxílio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Pmic). As inscrições estão abertas e devem ser realizadas pelo e-mail: oficinasfdtinscricao@gmail.com.

A aula ocorrerá neste sábado (28), das 9h às 13h e das 14h às 19h, na Oficina Cultural. São 50 vagas destinadas a alunos ou professores de dança, educadores físicos ou infantis pedagogos, psicomotricistas e neuropsicopedagogos. É necessário ter mais de 17 anos para participar.

O workshop ministrado pela bailarina e professora Lu Braga é focado em uma metodologia desenvolvida há 20 anos. O objetivo é o desenvolvimento da motricidade ampla e fina, bem como as funções executivas e cognitivas, sendo aplicada em crianças, adolescentes, adultos e idosos, em salas de aula ou consultórios. O resultado é um desenvolvimento saudável tanto no aspecto físico como intelectual e emocional.

Natural de Belo Horizonte, Lu Braga é formada em Balé Clássico pelo Palácio das Artes (1991) e graduada em Licenciatura Plena como Educadora Física pela UFMG (1995). Também é idealizadora, sócia-proprietária, diretora artística e pedagógica da Escola de Ballet CriDança, em Vitória (ES), e autora da patente e do livro “Metodologia Coordenando-se I e II”. Atualmente, faz pós-graduação em Neuropsicopedagogia pela Censupeg, com intuito de cada vez mais fundamentar, solidificar e intensificar suas ações educacionais.

O festival

O 27º Festival de Dança do Triângulo explora uma programação envolvendo profissionais de renome nacional e regional, com a execução de oficinas gratuitas, mostras de dança, palcos livres e intervenções. A temática deste ano, “Expressões artísticas com olhar social”, ressalta o poder da dança e proporciona ampla discussão diante de premissas impostas pela sociedade, lutando por igualdade de oportunidades e representação entre classes e indivíduos.

A programação do Festival ofereceu, ainda, outras oficinas com profissionais de renome nacional e internacional: Dança Afro com Raouf Tchacondo (Togo – África), Danças Étnicas com Fabrício Dabke (SP), Figurino com Fabiana Pescara (PR) e Educação Somática com Cláudia Millás (RJ). As oportunidades de conhecimento e aprimoramento não param por aí. Algumas oficinas também estão em andamento nos espaços públicos culturais: dança árabe, dança contemporânea, jazz, balé infantil e infantojuvenil e danças urbanas.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também

All articles loaded
No more articles to load