Notícias

Dmae continua obras de revitalização do Parque do Pau Furado

Incêndio ocorrido na unidade de conservação ambiental não afetou a sede da entidade
26 de setembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
COMUNICAÇÃO DMAE

As obras de revitalização da sede do Parque Estadual do Pau Furado continuam sendo realizadas na unidade de conservação ambiental e não foram afetadas pelo incêndio ocorrido na semana passada. O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), para evitar novos focos de queimadas na vegetação, está executando aceiros na área próximo à rodovia.

Na área administrativa, na antiga sede da fazenda, estão em instalação novas janelas e portas. Também já foi realizada a troca do telhado, após a reforma na estrutura. As melhorias fazem parte das condicionantes do licenciamento ambiental do Sistema Capim Branco, e seguem o cronograma da obra, prevista para ser concluída no fim do ano. De acordo com a supervisora de projetos ambientais do Dmae, Letícia Leão, as ações abrangem a parte administrativa e também o paisagismo. “A reforma com o intuito de melhorar a estrutura física para os frequentadores do Parque”.

Criado em 2007, o Parque Estadual do Pau Furado (que abrange os municípios de Uberlândia e Araguari) conta com uma área total de 2,1 mil hectares. Na unidade de conservação que abriga o bioma Cerrado, com pequenas intercorrências do bioma Mata Atlântica, já foram identificadas 932 espécies de fauna e flora.

Melhorias

O pátio (onde era o antigo curral da fazenda) terá o embarcadouro recuperado e vai receber piso de blocos, iluminação e placas com mapas das trilhas e informação aos visitantes. No escritório, o forro, o piso e a cobertura serão trocados. Novas portas de madeiras serão instaladas. Na parte da segurança, serão instalados 29 sensores de presença para ajudar no monitoramento. A casa de apoio e o bicicletário também estão sendo contemplados.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também

All articles loaded
No more articles to load