Notícias

Festa em Louvor à Nossa Senhora do Rosário e São Benedito tem início

Festa do Congado foi tombada como Patrimônio imaterial de Uberlândia em 2008
5 de outubro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Valter de Paula/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Na noite desta sexta-feira (4), aconteceu mais um capítulo de uma gloriosa tradição cultural: teve início a Festa em louvor a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito. Para abençoar os ternos e a cidade durante os dias de festa, foram abertas as novenas e os dois padroeiros foram levantados nos mastros ontem a noite. Com diversas gerações reunidas, a manifestação já completa 143 anos de uma rica história marcante na vida de milhares de pessoas na cidade.

Após as novenas, quatro grupos de congado fizeram sua entrada na praça e pediram benção aos padroeiros: Marujos de Maio, Marinheiros de S. Benedito, Catupé e Moçambique do Oriente. Cheia de simbolismos e rica em história, a festa é uma questão de fé e passa de pai para filho, como conta o presidente da Irmandade de nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Deny Nascimento.

Valter de Paula/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

“Até a presidência é hereditária. Meu avô que fundou o Congado, fez os documentos, o estatuto em 1º 916. Quando eu chegar a faltar meus filhos vão tomar conta. O Congado é uma festa nossa, religiosa, é uma tradição africana e muito antes da fundação do estatuto ele já existia. Agradeço muito ao prefeito e a Secretária de Cultura, são pessoas muito boas, a Prefeitura nos ajuda muito”, comentou.

Seu filho, Denilson Nascimento, atua hoje como diretor administrativo da irmandade e relata a importância da Igreja do Rosário nesta história. “Uma festa de fé, uma festa de tradição dos congadeiros, da cultura negra, da cidade de Uberlândia. Desde 1842 essa festa era celebrada aqui e a Igreja do Rosário marca o ponto de resistência do povo negro de Uberlândia, por isso a praça do rosário foi tombada pela prefeitura como local do congado na cidade de Uberlândia”, contou.

Segundo ele, a preparação para se chegar até o levantamento de mastros dos dois santos começou em agosto, quando foram as iniciadas as campanhas e ensaios para a realização do evento. “Acabou uma festa, nós já começamos a pensar a outra. Este ano mesmo começamos em julho, quando os grupos de congada foram em diversos bairros da cidade visitar os devotos de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito. Agora trazemos a festa para o centro de Uberlândia para fazermos o fechamento com as novenas, levantamento dos mastros e a grande festa que acontece em 13 e 14”, ressaltou.

Valter de Paula/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Tradição de fé

Como conta a madrinha do Congo do Sainha, Creusa Romão de Oliveira, a Festa do congado é a manifestação de sua fé. “Entrei no terno com 4 e hoje estou com 71 anos. Neste tempo já tive muitos problemas, mas continuo aqui andando firme. Toda vez que sinto aflita eu chamo Nossa Senhora do Rosário e São Benedito e eles me atendem, graças a Deus”, compartilhou.

Hereditariedade

A celebração é tão significativa para a história e evolução da cidade ao longo dos anos que foi registrada pelo prefeito Odelmo Leão como Patrimônio Imaterial Municipal em 2008. A festa possui, mais uma vez, apoio da Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

A pequena Pietra Laura, de 2 anos, já carrega a tradição da família no Moçambique Estrela Guia. O terno fez sua entrada nesta sexta, após a novena. “Ela é a bandeira de guia, a pessoa que leva a imagem de Nossa Senhora e São Benedito. Eu fico muito feliz com isso, com ter minha neta ali levando a bandeira. É uma questão de fé e ela é o tempo todo assim, cantando os pontos de Moçambique. Quando ela chega na minha casa, a primeira coisa que ela faz é pegar a bandeira e colocar na varanda. Isso pra mim me dá uma satisfação muito grande”, emocionou-se Malaquisa.

O pai de Pietra, Luan Pablo, é o primeiro capitão do Estrela Guia e também compartilhou um pouco das histórias da filha. “Hoje a Pietra tem um mini estandarte dentro da nossa casa onde toda quinta feira na escola dela, que é o dia de levar brinquedo, ela escolhe levar o estandarte dela, ela não escolhe outro brinquedo para levar pra escola”, alegrou-se.

Ápice

O ápice do louvor a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito acontecerá nos dias 13 e 14 de outubro, com expectativa de reunir mais de 25 mil pessoas por dia no Centro da cidade. As missas ocorrerão na Praça do Rosário nos dias 5 (Dia de São Benedito) e 7 de outubro (dia de Nª. Sª. do Rosário), às 18h, e as novenas se estenderão até o dia 12 de outubro. Toda a manifestação envolve o empenho de 24 grupos espalhados por várias regiões do município.

Valter de Paula/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Confira a programação completa:

Novenas com terço: de sexta (4) a 12 de outubro, às 19h

Missas: sábado (5) e segunda (7), às 18h

Festa: 13 e 14 de outubro, das 8h às 23h

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também