Notícias

Ordem de serviço para execução de Paisagismo e estacionamento do Parque Aquático é assinada

Contrato prevê ainda interligação de toda a parte elétrica da estrutura, além da construção de alambrado como cercamento
14 de outubro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Estrutura que será de extrema importância para o esporte municipal, o Parque Aquático Municipal Deputado João Bittar Júnior tem 92% das obras concluídas e já está pronto para receber os trabalhos finais. Por isso, o prefeito Odelmo Leão assinou, na tarde desta segunda-feira (14), no Centro Administrativo Municipal, a ordem de serviço para execução de trabalhos externos do parque. O novo contrato prevê a realização de engenharia para interligação elétrica, estacionamento, cercamento e paisagismo, além de outros serviços.

Com uma área total de 31,6 mil m², o local, parte do complexo Parque do Sabiá, receberá cerca de 900 m de alambrado como cercamento, uma vez que já conta uma parte cercada. Como paisagismo, serão plantadas aproximadamente 3 mil m² de grama no entorno na estrutura. Haverá ainda o plantio de uma árvore a cada 10 m em toda a calçada que contorna a estrutura. Quanto ao estacionamento, serão 50 vagas para carros e outras três para veículos maiores, como ônibus e ambulância.

Na parte elétrica, além de toda a iluminação do local, haverá ainda a energização para funcionamento do elevador e das três catracas para acesso ao local. “O contrato inicial não previa esses serviços que assinamos agora, por isso essa necessidade. Será um espaço que pouquíssimas cidades do país contam e ajudará ainda no descobrimento e aprimoramento de atletas locais, bem como na atração de eventos que coloquem a cidade na rota do esporte nacional e internacional”, afirmou o prefeito Odelmo Leão.

Vencedora da licitação, a empresa ABF Constech ficará responsável pela obra. O contrato é de R$ 1,2 milhão. 

Estrutura

Há muitos anos, a população espera a finalização das obras do Parque Aquático. O projeto teve início ainda em 2008, graças a uma emenda parlamentar do então deputado federal João Bittar. Construída ao lado da Arena Sabiazinho, a estrutura tem área total superior a 6 mil m², possui arquibancada para cerca de 1,3 mil pessoas, uma piscina olímpica semi-aquecida – que segue todas as exigências da Federação Internacional de Natação (Fina) – além de área de alimentação, sanitários e galeria técnica de 1.200 m².

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
All articles loaded
No more articles to load

Destaques

Veja Também