Notícias

Programa IST/Aids reforça medidas de prevenção e tratamento contra Sífilis

Doença é transmitida durante relação sexual desprotegida e pode ser passada da mãe para a criança durante a gestação
16 de outubro de 2019

A sífilis é uma infecção causada por uma bactéria que é transmitida por meio da relação sexual desprotegida e pode ser passada também da mãe para a criança durante a gestação, quando é chamada de sífilis congênita. A doença tem cura e o tratamento é disponibilizado em todas as unidades de saúde de Uberlândia.

Para sensibilizar a população sobre as formas de prevenção e os riscos das doenças, ficou estabelecido, desde 2017, que o terceiro sábado do mês de outubro é dedicado à conscientização sobre o tema. Este ano, o Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita é celebrado no próximo dia 19. Por isso, a coordenadora do Programa de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/Aids), Cláudia Spirandelli, aproveita para fazer um alerta sobre a doença, principalmente para as gestantes.

“A infecção pode provocar inúmeras sequelas no bebê, como doenças cardíacas e neurológicas. Por isso, é importante fazer o teste para detectar a sífilis durante o pré-natal. Se o resultado do teste da gestante der positivo, ela já começa a tomar os medicamentos prescritos pelo médico e será acompanhada mês a mês. É importante também que o parceiro inicie o tratamento, só assim é possível evitar a transmissão da doença”, explica.

            O alerta da coordenadora do Programa IST/Aids para este público é devido ao aumento de 8% em casos de sífilis em gestantes notificados em Uberlândia nos últimos dois anos. “É importante que as gestantes não se descuidem nesta fase e que utilizem o preservativo durante as relações sexuais. Se houve o sexo desprotegido, é fundamental a realização do exame sorológico nas unidades de saúde ou o teste rápido”, concluiu.

Teste Rápido

Ao contrário do exame sorológico, que demora até dois dias para obter resposta, o teste rápido tem o resultado entre 15 e 20 minutos. O exame é feito apenas no Ambulatório Herbert de Souza e é capaz de detectar também a presença do vírus HIV e das hepatites B e C.

Para fazer o exame, os enfermeiros coletam uma gota de sangue, que é colocada em um kit (uma plaqueta) junto com o reagente. Nos casos em que o resultado para sífilis é positivo na primeira amostra, o paciente é direcionado para realizar um exame sorológico. Assim como todas as unidades de saúde do Município, o ambulatório disponibiliza também o acompanhamento, tratamento e orientações aos pacientes.

Para fazer o teste rápido, não é necessário agendamento prévio. Basta ir ao Ambulatório Herbert de Souza, na rua Avelino Jorge Nascimento, nº 15, bairro Presidente Roosevelt, e apresentar a Carteira de Identidade. O exame é sigiloso e pode ser feito diariamente, das 7h às 11h ou das 13h às 16h. Para mais informações, ligue (34) 3215-2444.

Veja Também

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Se clicar em "Rejeitar Cookies", os cookies que não forem estritamente necessários serão desativados. Para escolher quais quer autorizar, clique em "Gerenciar cookies". Saiba mais em nossa Declaração de Cookies.

Configurações avançadas de cookies

Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies.

Cookies estritamente necessários

Esses cookies permitem funcionalidades essenciais, tais como segurança, verificação de identidade e gestão de rede. Esses cookies não podem ser desativados em nossos sistemas. Embora sejam necessários, você pode bloquear esses cookies diretamente no seu navegador, mas isso pode comprometer sua experiência e prejudicar o funcionamento do site.

Cookies de terceiros

O portal uberlandia.mg.gov.br não tem controle sobre quais cookies de terceiros serão ativados. Alguns cookies de terceiros que podem ser encontrados ao acessar o portal:
Domínios: Google, Youtube, consulte mais em