Notícias

Sistema Capim Branco avança com instalação das motobombas

Equipamentos são importantes para captação de água bruta e na elevatória de água tratada
5 de novembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Sistema Capim Branco de Produção de Água, localizado na região da Tenda do Moreno, contará com duas estações de bombeamento de água: uma na captação de água bruta e outra na elevatória de água tratada. A estrutura, com cinco motobombas, será responsável pela retirada da água bruta do lago por sucção e bombeamento até a entrada da Estação de Tratamento de Água (ETA). Atualmente, quatro dispositivos estão em fase de instalação. Cada dispositivo tem potência de 1.500 cv, peso aproximado de 9 toneladas e capacidade de bombeamento de 500 litros por segundo em um duto com diâmetro 1.100 mm.

O diretor-geral do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), Paulo Sérgio Ferreira, destaca a capacidade dos equipamentos e sua importância na retirada da água da represa. “Contamos com uma estação na captação de água bruta com cinco motobombas, sendo quatro em funcionamento e uma de reserva com capacidade para bombeamento de 2 mil litros por segundo. Isso nos permite produzir água tratada com eficiência e rapidez, garantindo o abastecimento para a população e para empreendimentos”, afirmou.

A segunda estação, também com cinco motobombas e a mesma capacidade de bombeamento, fica na Elevatória de Água Tratada. As motobombas já estão montadas na base, faltando apenas o acoplamento das redes de entrada e saída. Os equipamentos, por sua vez, são responsáveis por bombear a água até a Caixa de Transição, um reservatório com capacidade de 500 mil litros. De altura equivalente a um prédio de dez andares, a caixa de transição transfere a água até o Centro de Reservação do Custódio Pereira. Nesta etapa, o processo passa de mecânico para escoamento por gravidade.

Na fase atual da obra, o trabalho das equipes é realizado nas instalações internas da ETA, uma vez que a parte da construção civil do sistema está praticamente concluída. Na parte elétrica, além da instalação das motobombas da captação, estão sendo implantados os eletrodutos.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também

All articles loaded
No more articles to load