Notícias

Transporte público de Uberlândia será modernizado

Transporte público de Uberlândia será modernizado com central de monitoramento, GPS e painéis com previsão de chegada
26 de novembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Foi anunciado, na tarde desta terça-feira (26),a implantação de um centro de controle operacional para melhor monitoramento e gestão do transporte coletivo em Uberlândia. A operação, que será instalada em uma sala no Terminal Central, vai possibilitar a visualizaçãoem tempo real por parte dos fiscais e, posteriormente, da população do comportamento diário das linhas do Sistema Integrado de Transportes (SIT). A Auttran, de São Paulo, foi a empresa licitada para montar e manter o centro para o Município. O investimento será de R$ 112 mil mensais.

 Para abastecer a central com informações, será criado um data center e todos os 458 ônibus do SIT receberão equipamentos de GPS. Sendo assim, o novo sistema de controle de desempenho da frota consiste em uma modernização do SIT. Além do monitoramento em tempo real e da gestão online da frota, os fiscais de transporte farão o acompanhamento com análises preventivas de regularidade e pontualidade das linhas. “Com isso, será avaliado junto à central o cumprimento diário das metas estipuladas pelas ordens de serviço de cada linha”, destacou o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Divonei Gonçalves.

O investimento contempla também a instalação de painéis de mensagem variável nos terminais e nas estações de transferência dos corredores de ônibus. Cada painel vai fornecer ao usuário do transporte a previsão do tempo de chegada do veículo com anúncios visual e sonoro. Alguns pontos de parada com maior concentração de pessoas, como a praça Tubal Vilela, também receberão a tecnologia. Outra novidade é a criação de um aplicativo para smartphones que poderá ser acessado pelos usuários para obter maiores informações sobre as linhas do sistema. O Udibus vai atender também a pessoas com deficiência visual. O app, que será lançado depois, atuará com um GPS integrado com outras plataformas, como o Google e o Moovit.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também