Notícias

Dmae monta comissão para intensificar o combate ao Aedes aegypti

Trabalho será feito em 60 estações elevatórias de esgoto, 11 reservatórios de água e dez unidades descentralizadas da autarquia
28 de novembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Dando seguimento aos trabalhos do Município de combate ao mosquito Aedes aegypti, o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) também entra nesta batalha ao constituir, nesta quarta-feira (27), uma Comissão Permanente de Combate a Focos do Mosquito Transmissor da Dengue (CPCD). São dez unidades da autarquia, que serão monitoradas constantemente, além dos centros de reservação de água em Uberlândia, dos distritos e 60 estações elevatórias de esgoto.

A mobilização de toda a sociedade se faz necessária, uma vez que as altas temperaturas e as chuvas intensas de fim de tarde – características da primavera e do verão – estabelecem condições propícias para a proliferação do mosquito e ligam o sinal de alerta para a comunidade redobrar os cuidados.

Neste primeiro momento, a Equipe de Mobilização Social do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) fará uma visita em todas as unidades do Dmae para registrar, por meio de fotografia, os problemas encontrados, os possíveis focos, pontos de atenção e melhorias a serem feitas. Na sequência, a Comissão participará de uma ampla capacitação baseada nas situações incomuns detectadas e o que deve ser feito para acabar com os focos. A previsão é que todo o trabalho de estruturação seja realizado até o fim de dezembro.

“Essas comissões têm o objetivo de prevenir e combater de forma mais intensa os focos do mosquito transmissor da dengue no interior das empresas. Já temos 18 comissões constituídas e isso nos dá a possibilidade de estar dentro destes locais semanalmente. O funcionário é o nosso braço na vistoria semanal”, explicou Eduardo Moraes Teixeira, responsável pela equipe de mobilização. Segundo ele, o trabalho na autarquia vai servir de exemplo para outras empresas públicas que possuem muitas unidades.

Novidades

Para evitar uma epidemia das doenças transmitidas pelo inseto, a Prefeitura de Uberlândia lançou, nesta semana a campanha de mobilização e combate ao mosquito, que transmite a dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela.  Além da campanha, a Prefeitura lançou o aplicativo “Udi sem Dengue”, que será mais um canal de comunicação entre a comunidade e o Programa de Controle da Dengue. Por meio do aplicativo, a população poderá enviar fotos e mensagens alertando as equipes sobre possíveis criadouros do mosquito.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também