Notícias

Programa Buriti inicia plantio de 35 mil mudas nativas do cerrado

Iniciativa visa recuperar 29 hectares de áreas de preservação permanente em propriedades rurais localizadas nas bacias do Uberabinha, Araguari e Bom Jardim
4 de dezembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Divulgação

O Programa Buriti, sob a responsabilidade do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), iniciou o plantio de 35 mil mudas nativas do cerrado em Áreas de Preservação Permanente (APPs). Ao todo serão plantados 35 mil exemplares em 11 propriedades rurais até o fim de dezembro. Com isso, a iniciativa recuperará cerca de 29 hectares de APPs.

As mudas serão utilizadas na recuperação de áreas das bacias dos rios Araguari e Uberabinha, bem como do ribeirão Bom Jardim que sofreram algum tipo de degradação ambiental. A ação começou na última semana de novembro com a preparação para o plantio na Fazenda Tenda, localizada na bacia do rio Araguari. No local, será feita a recomposição vegetal de uma área de 3 hectares, que foi cercada e protegida.

A iniciativa foi muito bem recebida pela produtora rural Cristiane Maria de Castro. “Na propriedade, houve uma ampliação da área de preservação. O Programa Buriti está fazendo todo o trabalho de replantio da mata nativa. Com isso, a área de nascente vai estar mais preservada, beneficiando toda a sociedade”, disse.

Além do plantio de mudas, o Programa Buriti já executou mais de 60 mil metros lineares de cerca em 22 propriedades de janeiro a outubro deste ano. Também foram realizadas 1.500 horas-máquina de trabalho com a execução de barraginhas, terraceamento, curva de nível e readequação de estradas vicinais. Neste ano, o investimento aproximado do programa foi de R$ 1,5 milhão com a contratação de serviços e a aquisição de insumos necessários para as atividades.

Manutenção

Uma segunda etapa do Programa Buriti consiste na manutenção das mudas plantadas em janeiro de 2019, quando seis propriedades receberam 65 mil unidades. Agora, o Dmae volta às propriedades para fazer a limpeza, adubação, controle de pragas e replantio em alguns casos. Para isso, a autarquia conta com 5 mil mudas.

Parceria Abha

Divulgação

Uma parceria entre o Programa Buriti e a Associação da Bacia Hidrográfica do Araguari (Abha Gestão de Águas) está em andamento e vai atender nove propriedades dos municípios de Uberaba e Uberlândia. A iniciativa consiste no plantio e manutenção de outras 18 mil mudas e na execução de 8,6 mil metros lineares de cerca em APPs de propriedades que possuem nascentes do rio Uberabinha e ribeirão Bom Jardim. O investimento de R$ 400 mil será custeado pela Abha e o Programa Buriti acompanha, orienta e fiscaliza a ação.

O projeto atende seis propriedades do município vizinho, uma vez que 40% da área do ribeirão Bom Jardim e do rio Uberabinha estão dentro do município de Uberaba. “O córrego Beija Flor, por exemplo, que é o principal afluente do rio Uberabinha, tem sua maior extensão em Uberaba”, concluiu Celismar.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também

All articles loaded
No more articles to load