Notícias

Agentes de saúde ganham mais agilidade no dia a dia com uso de tablets

Projeto piloto é realizando nas UBSFs Gravatás, Novo Umuarama e Pequis
6 de dezembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Cleiton Borges/ Secretaria de Governo e Comunicação

Com uma tela fina e leve, os tablets são equipamentos fáceis de serem levados para qualquer lugar, garantindo maior conforto e agilidade no dia a dia de trabalho de muitas pessoas. Pensando nisso, a Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria de Saúde, está usando os equipamentos na rotina dos agentes comunitários de saúde. O projeto é recente e está sendo testando com as equipes das Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) do Gravatás, Novo Umuarama e Pequis.

Ao todo, a Prefeitura de Uberlândia adquiriu neste primeiro momento 36 tablets, que estão distribuídos nas três unidades e sincronizados com o sistema utilizado por toda a equipe da rede de saúde. Em tempo real, é possível lançar todos os procedimentos feitos durante as visitas realizadas pelos agentes, além de otimizar o trabalho dos profissionais.

Uma das agentes comunitárias da UBSF Gravatás – a primeira a testar os equipamentos –, comemorou a implantação dos tablets. Para Susana Ramos, a rapidez no lançamento das informações possibilitou uma nova rotina para os agentes.

Cleiton Borges/ Secretaria de Governo e Comunicação

“Antes, precisávamos carregar uma pasta com vários formulários e passávamos um tempo maior na visita preenchendo as fichas. Agora, temos apenas o tablet e uma folha onde recolhemos a assinatura do morador após a visita. No retorno à unidade, não precisamos mais fazer rodízio para usar o computador, já que tudo está lançado no sistema”, comentou.

A enfermeira e coordenadora da unidade, Gabriela Guimarães, ressalta que implantação dos tablets veio para somar não só no trabalho dos agentes, mas de toda a unidade de saúde. “Tivemos um ganho muito grande. Com os agentes lançando as informações em tempo real nas visitas, é possível termos um gerenciamento melhor das atividades, além de garantir mais segurança, já que os dispositivos têm GPS”.

Para a coordenadora da Atenção Primária, Karina Kelly de Oliveira, a implantação dos tablets representa um avanço na rede pública de saúde do município. “Ao modernizar o trabalho dos profissionais e otimizar o tempo deles para acolherem de forma mais eficaz a comunidade, a atual gestão mostra mais uma vez que a saúde em Uberlândia é prioridade. Esperamos que muito em breve todas as unidades sejam contempladas”, finalizou.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também