Notícias

Com chegada do verão, Parque do Sabiá é excelente opção para prática de atividades físicas

Número de frequentadores no local deve aumentar nessa estação do ano
23 de dezembro de 2019
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Com o período de férias escolares e a chegada do verão neste domingo (22), a Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) espera um aumento significativo no número de frequentadores no Parque do Sabiá. O crescimento é esperado porque o local é ideal, para a prática esportiva, com uma grande estrutura disponibilizada gratuitamente à população formada por pista de corrida/caminhada de 5 km, academias ao ar livre e quadras poliesportivas para modalidades como futsal, vôlei, basquete e handebol. Há ainda a piscina, aberta à população aos domingos, das 8h às 16h.

De acordo com o diretor geral da Futel, Edson Zanatta, o número de frequentadores do Parque do Sabiá ultrapassa 10 mil pessoas por dia durante o verão. “O Parque do Sabiá é uma excelente opção para a prática de atividades físicas ao longo de todo o ano. No verão, a procura aumenta e ficamos muito felizes em oferecer uma estrutura tão boa e completa aos frequentadores”, ressalta.

A universitária Marina Oliveira é uma das pessoas que visita o parque com maior frequência durante o verão. “Ao longo do ano, vou ao Parque do Sabiá duas ou três vezes por semana, mas, durante o verão, vou todos os dias para correr ou caminhar. É um dos meus locais favoritos em Uberlândia e fico muito feliz por nossa cidade contar com um lugar tão bonito, com entrada gratuita.”

Dicas para curtir o verão com saúde

O educador físico da Futel Robson Medeiros alerta que alguns cuidados especiais devem ser tomados durante a prática de atividades físicas nesta época do ano. “Por conta das temperaturas elevadas, é importante usar roupas leves e confortáveis e se hidratar antes, durante e após a atividade física. O uso de protetor solar também é indispensável”, afirma.

“Em dias muito quentes, é importante que as pessoas reduzam o tempo de atividade física em até 20% e, caso sintam dores ou cãibras, interrompam a atividade física imediatamente”, orienta Robson Medeiros.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também