Notícias

Índice de repasse ICMS para Uberlândia aumenta mais de 12% para 2020

Cidade tem a 3ª maior participação de Minas Gerais, atrás apenas da capital e de Betim
2 de janeiro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Valter de Paula/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

força da economia de Uberlândia, reconhecida por diversos índices e pesquisas em 2019, acaba de trazer mais um resultado prático para a população: para 2020, o índice de repasse da cota-parte do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) será de 5,136, o que significa um aumento de 12,24% em relação ao índice de 2019 (calculado em 4,576). Os dados são definitivos e foram divulgados pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais do dia 31 de dezembro.

O resultado fez com que Uberlândia tivesse o terceiro maior índice em Minas Gerais, ficando atrás apenas da capital, Belo Horizonte, e de Betim, na Região Metropolitana. O resultado é efeito das políticas de desenvolvimento e atração de empresas, assim como as ações da administração Municipal na apuração do Valor Adicionado Fiscal (VAF).

O VAF corresponde a 75% do valor usado para a base de cálculo usada pelo Governo de Minas Gerais no repasse de ICMS para o município. Na prática, o crescimento do índice de Uberlândia representa maior receita para o município, que pode ser destinada ao desenvolvimento da cidade em vários setores. 

Para o prefeito Odelmo Leão, o dado demonstra como a união dos poderes público e privado gera ganhos práticos para a economia da cidade. “Queremos agradecer a parceria e confiança dos empresários e contadores, que estão cumprindo com o seu dever de preencher as declarações do VAF. De nossa parte, continuaremos sendo facilitadores para tornar Uberlândia cada vez mais desenvolvida, com renda e emprego à população”, destacou.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também