Notícias

Prefeitura intensifica roçagem de terrenos na cidade

Ação em áreas públicas e particulares coíbe surgimento de transmissores de doenças
6 de janeiro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Araípedes Luz/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Desde o início de dezembro, a Prefeitura de Uberlândia intensificou a roçagem de áreas públicas e particulares a fim de minimizar o aparecimento de insetos, roedores e mosquitos transmissores de doenças. As equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, aproveitando do período chuvoso, propenso para o crescimento dos matos, continuarão percorrendo vários bairros de forma contínua até o fim do primeiro trimestre de 2020.

Com o auxílio de tratores, os profissionais já roçaram e recolheram entulhos em áreas públicas e imóveis abandonados nos bairros Cidade Jardim, Jaraguá, Chácaras Tubalina, Planalto, Jardim Holanda, Jardim das Palmeiras I e II, Novo Mundo, Alvorada, Alto Umuarama, Jardim Brasília, São José, Maravilha, Pacaembu, Roosevelt, Jardim América, Esperança e Santa Rosa.

Prefeitura intensifica roçagem de terrenos na cidade 1
Araípedes Luz/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

No caso de áreas particulares, o secretário de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, João Junior, esclarece que a limpeza será devidamente cobrada dos proprietários – responsáveis por realizar a manutenção dos respectivos terrenos e imóveis. O valor da autuação pode variar de R$ 134 a R$ 1.269, conforme determina o Código de Posturas (Lei 10.741, de 6 de abril de 2011).

“Temos em campo mais de 45 tratores realizando a roçagem de toda a cidade de Uberlândia. As áreas públicas serão todas roçadas e os terrenos particulares em que os proprietários não tomarem providência também serão roçados e será enviada a conta para esse proprietário, responsável pela obrigação da manutenção do terreno. Estamos intensificando esse serviço até mesmo para evitar a proliferação de mosquitos Aedes aegypti”, explicou.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também