Notícias

Aprovados pelo PMIC recebem certificado e orientações

Foram selecionados 97 projetos pelo no Fundo Municipal de Cultura e 19 no Incentivo Fiscal.
14 de janeiro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Secretaria Municipal de Cultura entregou hoje o certificado dos 116 proponentes aprovados pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC), exercício de 2020. A reunião, realizada no Centro Administrativo, teve ainda como foco a orientação dos selecionados para os processos seguintes, como revisão de planilhas e busca das empresas parceiras. Dos 298 projetos inscritos, a Comissão de Avaliação e Seleção (CAS) selecionou 97 projetos pelo no Fundo Municipal de Cultura e 19 no Incentivo Fiscal.

“Esse é o primeiro passo para que os selecionados saiam da teoria e iniciem seus projetos na prática. As orientações são importantes para que essas propostas sigam o que foi apresentado, e aproveitamos para realizar algumas revisões. É muito importante ressaltar também o apoio dado à cultura, aumentando o número de aprovações a cada ano e investindo na diversidade cultural”, afirmou a secretária de Cultura, Mônica Debs.

O professor de música e músico José Roberto Montes foi um dos selecionados e disse que a notícia veio para sinalizar um ótimo início de ano. “Eu sempre idealizei a gravação de um disco mais profissional e agora consegui. Essa apoio é fundamental para que os artistas continuem produzindo e a cultura local ganhando mais exponentes”, disse.

Foto: Cleiton Borges – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

PMIC 2020

O edital para o exercício de 2020 foi lançado no dia 17 de julho para interessados em colocar em prática propostas de artes visuais, audiovisual, histórias em quadrinhos, design, fotografia, comunicação, circo, jogos virtuais, literatura, cultura afro-brasileira, dança, contação de histórias, música, teatro, patrimônio cultural e outros segmentos se inscrevessem.

A exemplo de 2019, a iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura destinará montante de R$5,6 milhões para serem investidos nos projetos, sendo R$ 3,1 milhões oriundos do Fundo Municipal de Cultura e R$ 2,5 milhões do Incentivo Fiscal. Todos os aprovados seguirão as atualizações na lei 12.182, que foi aprimorada em 2017, com o intuito de conferir mais transparência e abastecimento à demanda cultural de Uberlândia.

 Mais aprovações

O número de projetos de qualidade tem crescido exponencialmente. Em 2018, foram 65 aprovados e, na edição de 2019, 109 propostas foram aprovadas. O número segue aumentando, visto que, em 2020, 116 projetos foram aprovados. “Quem ganha com isso, além dos próprios artistas, é a comunidade, que está tendo acesso a produções culturais de qualidade e em um valor acessível”, acrescentou a secretária municipal de Cultura, Mônica Debs.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também