Notícias

Prefeitura oferece aluguel de maquinário a preço subsidiado a produtores

Em 2019, equipamentos da administração municipal contribuíram com a produção de 17 mil toneladas de silagem
31 de janeiro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O apoio aos pequenos produtores rurais é um dos compromissos da atual administração. Para auxiliá-los com a produção de silagem e o preparo do solo, a Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos (SMAAD) oferece aluguel de maquinário a preço subsidiado. No ano passado, somente com o processo de ensilagem, foram realizados 86 atendimentos a 62 produtores cadastrados, que contribuíram para que fossem produzidas 17 mil toneladas da forragem, utilizada na alimentação de animais.

O cronograma de atendimento em 2020 já foi iniciado, com a solicitação do trabalho feita por 42 pessoas até o momento. Os interessados precisam fazer um cadastro no anexo da SMAAD, localizado na avenida das Gameleiras, nº 10, no bairro Planalto. Além de informar o serviço a ser executado na propriedade, o produtor indica uma possível data de colheita, que será validada após uma visita da equipe técnica à lavoura. Também é verificado se a área encaixa nos requisitos do programa. O cadastro para novos produtores está aberto permanentemente e não há limite de inscritos. 

Para executar a ação, a Prefeitura disponibiliza uma ensiladeira acoplada a um trator, um vagão forrageiro ou carreta agrícola e um servidor para operar os equipamentos. O preço pago corresponde a 50% do valor de mercado, cerca de R$ 70 por hora/máquina trabalhada. O agendamento é feito com base na disponibilidade dos equipamentos.

Prefeitura oferece aluguel de maquinário a preço subsidiado a produtores 1
Secretaria Municipal de Governo e Comunicação 

A ensilagem processa os grãos de milho ou sorgo, a fim de obter nutrientes de qualidade para a alimentação de animais de grande porte, como cavalos e bois, substituindo o pasto em períodos de seca. O processo envolve o corte da planta, picagem e compactação da matéria.

De acordo com a secretária à frente da pasta, Walkíria Naves, a iniciativa é importante para garantir que cada produtor potencialize ao máximo os resultados. “Nós oferecemos assistência agrícola e veterinária durante todas as etapas da colheita. Temos a consciência que facilitar o acesso dos produtores à técnica é fundamental.  Muitos trabalhadores não têm condições de ter o seu próprio equipamento e, dessa forma, eles conseguem executar o serviço por um preço acessível”, ressaltou.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também