Notícias

Paratletas da CDDU/Futel disputam Copa do Mundo de Halterofilismo a partir desta quarta (5)

Mateus Silva e Lara Ferreira já estão na Nigéria, país que sedia a competição
5 de fevereiro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mateus Silva e Lara Ferreira, paratletas do Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU), associação parceira da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel), disputam a partir desta quarta-feira (5), a Copa do Mundo de Halterofilismo, realizada em Abuja, na Nigéria, até a sexta-feira (7). Mateus Silva competirá na categoria “Até 107 Kg” e Lara Ferreira na categoria “Até 41 Kg”. A seleção brasileira ainda tem em sua comissão técnica o treinador Weverton Santos, também da CDDU/Futel.

A Copa do Mundo de Halterofilismo é um dos maiores eventos do paradesporto e a principal preparação para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, que acontecerão entre os dias 25 de agosto e 6 de setembro deste ano. “Já fizemos o reconhecimento do local da competição e estamos otimistas em relação ao nosso desempenho. São paratletas que vêm se destacando em todas as competições que disputam e acredito que não será diferente na Copa do Mundo”, afirma o treinador Weverton Santos.

“Ambos têm grandes chances de voltar para Uberlândia com medalhas e, se tudo der certo, mais próximos de conquistar suas vagas para os Jogos Paralímpicos de Tóquio”, ressalta.

Equipe

No último fim de semana, a CDDU/Futel também foi um dos destaques do Circuito Loterias Caixa, disputado em Brasília. A equipe foi representada por 36 paratletas (24 do halterofilismo, 9 do atletismo e 3 da natação) e conquistou 18 medalhas no halterofilismo (10 de ouro, quatro de prata e quatro de bronze), 16 no atletismo (10 de ouro, quatro de prata e duas de bronze) e 16 na natação (13 de ouro e três de prata).

O CDDU tem 49 paratletas, sendo 32 de halterofilismo,14 do atletismo, dois da bocha e um de natação. Eles recebem da Futel, além de repasse financeiro, cessão de quatro treinadores e dos espaços do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) com quadra para bocha e pista para atletismo, SESI (pista para atletismo) e UTC (academia para halterofilismo).

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também