Notícias

Prefeitura entrega Centro Municipal de Cultura à comunidade

Na próxima semana, população poderá desfrutar de diversos eventos e atividades de inauguração no local
13 de fevereiro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Cleiton Borges - Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

13 de fevereiro de 2020. A data marca um novo capítulo na história da cultura uberlandense, em que o histórico prédio do antigo Fórum passa a abrigar em sua arquitetura o Centro Municipal de Cultura, proporcionando leveza, diversidade, arte e, ao mesmo tempo, preservando a estrutura da edificação tombada. Para isso, desde junho de 2019 foram realizadas intervenções internas e externas sem que fossem construídas paredes ou alterados os aspectos históricos do prédio.

“Assim como o Teatro Municipal, que foi entregue por nós em 2012, o Centro Municipal de Cultura irá transformar o cenário da classe artística de Uberlândia. Portanto, foi tudo pensado e planejado com carinho e cuidado, para que o prédio atendesse as necessidades do nosso povo, desde a biblioteca até a estrutura administrativa da Secretaria Municipal de Cultura”, afirmou o prefeito Odelmo Leão.

Obras de arte, como telas, esculturas e pinturas, foram doadas pela classe artística e transformaram a dureza brutalista em expressão. Logo nas janelas, vê-se um novo colorido, em contraste com o concreto cru das paredes externas do prédio.

“O Centro Municipal de Cultura foi muito sonhado e o que mais nos alegra é que a classe artística colaborou em peso para que pudéssemos, juntos, reinventar, transformar esse ambiente, essa ‘tela’ branca em um espaço desnudo de preconceito, agregador”, relatou a secretária municipal de Cultura, Mônica Debs.

Um novo conceito de Biblioteca

Foto: Cleiton Borges – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Quem ganhou casa nova em um ambiente projetado especialmente para os ávidos leitores e pesquisadores da cidade foi a Biblioteca Municipal Juscelino Kubitschek. Localizada no primeiro piso do prédio, os visitantes são recebidos pela história da telefonia em Uberlândia logo na portaria.

O espaço infanto-juvenil “Vovó Caximbó – Maria Inês Mendonça” leva alegria e diversão ao ambiente, em uma decoração lúdica e interativa, contando com móveis da coleção “Bichos Fantásticos”, especificamente projetados para crianças, além de uma brinquedoteca.

“Nós queremos investir nas crianças. Temos brinquedos, uma decoração voltada à elas, bancos de leitura, que você pode sentar, deitar. A ideia é que seja tudo muito leve, muito prático”, disse a secretária.

Além disso, o Espaço Incluir oferece equipamentos para pessoas com deficiências visuais e físicas, seguindo os princípios de democratização e acesso. Logo ao lado, o Espaço Digital proporcionará uma infraestrutura de computadores e softwares para a realização de cursos e uso dos frequentadores da Biblioteca.

Também compõem a Biblioteca Municipal uma Galeria para exposições, Gibiteca, Sala Multiuso, Sala Uberlândia (dedicada à história da cidade), Hemeroteca (coleção de jornais, revistas e periódicos), área de pesquisa, ilha de computadores para acesso ao acervo eletrônico, sala de oficinas, sala de literatura e a parte administrativa da biblioteca, como a sala da diretora, acervos, entre outros.

Foto: Cleiton Borges - Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

No subsolo, a Galeria de Artes Iolanda Lima dá as boas-vindas ao munícipe e abrigará exposições artísticas de todos os tipos. Ela também dá acesso à antiga sala do júri, que por mais de 40 anos definiu vidas e processos, onde agora está o Cine Teatro Nininha Rocha. Com dois camarins, um palco com piano de calda e capacidade para um público de 103 pessoas, o Nininha Rocha servirá para disseminar sons, cores, movimentos e ritmos ao coração da cidade.

No mesmo piso, a Banda Municipal ganhou uma nova casa com sala de ensaios, sala de instrumentos, sala de percussão, sala de maestros, sala do diretor, administrativo e almoxarifado. Adiante, as celas do antigo Fórum foram preservadas, bem como as inscrições históricas e marcas deixadas e incrustadas por quem as frequentaram.

Área externa

Foto: Cleiton Borges – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Na área externa do Centro Municipal de Cultura, intervenções artísticas, bem como playgrounds para crianças e mesas para jogos levam cultura e diversão à área. Ali também está o mezanino e a “Esplanada Pena Branca e Xavantinho – José Ramiro Sobrinho e Ranulfo Ramiro”, onde serão realizadas exposições temporárias, eventos, shows, etc. Para isso, o local recebeu melhorias na parte elétrica, bem como iluminação e cinco padrões de energia.

Secretaria Municipal de Cultura

Foto: Cleiton Borges – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

A parte administrativa da Secretaria Municipal de Cultura mudou de endereço e passa a atender no Centro Cultural. Como destaque, a sala da diretoria de Igualdade Racial recebe o “Memorial da Cultura Afro-Brasileira Charqueada – Geraldo Miguel”, com diversas peças e itens em homenagem a este grande nome da história do Congado Uberlandense.

Além da parte administrativa, foram criados dois espaços alternativos de exposições e um Espaço Gourmet, onde serão realizados eventos de pequeno porte como lançamentos de livro, coquetéis, entre outros.

Em andamento

Em uma segunda etapa de mudanças, a área externa receberá uma pista de skate, lanchonete, orquidário e academia. Além disso, as futuras obras também contemplarão a construção de uma guarita, transformação dos portões em eletrônicos, manutenção das pedras portuguesas, grades e sinalização do estacionamento. Também faz parte do novo pacote os dois elevadores de acesso.

Doação do prédio do antigo fórum

Em outubro de 2018, o prédio que abrigava a antiga sede do Fórum Abelardo Penna foi doado ao Município. A ordem de serviço para reforma do Centro Municipal de Cultura foi assinada em junho do ano passado. Orçada em R$ 1,3 milhão, o início da transformação ficou sob responsabilidade da construtora licitada Martins Medeiros.

Lançamento para a Comunidade

Na próxima semana, entre segunda (17) e quarta-feira (19), o Centro Municipal de Cultura será aberto à comunidade por meio de uma programação multicultural gratuita preparada para celebrar a data. Veja as atrações em cada espaço:

– Dia 17 de fevereiro de 2020 (segunda-feira) – 19h

Área externa: Banda Municipal Banda Sinfônica Municipal de Uberlândia, Udi Company e Grupo Folia de Reis

Espaço Gourmet: Congo Moçambique Pena Branca

Sala Administrativa: Grupo de dança RG Studio

Galeria da Secretaria Municipal de Cultura: Apresentação de Duo Tango com Olívia Teixeira e Fernando Lima

Esplanada Pena Branca e Xavantinho: Orquestra Experimental

Sala de ensaios da Banda Municipal: Banda Sinfônica Municipal de Uberlândia

Final da rampa de acesso: Congo Rosário Santo

Cineteatro Nininha Rocha: UberBrass Quinteto e apresentação de piano com Grazielle

Palco da área externa: Banda Veneno Vivo

– Dia 18 de fevereiro de 2020 (terça-feira) – 19h

Área externa: Banda Sinfônica Municipal de Uberlândia, We Dance e Congado Quilombo dos Palmares

Espaço Gourmet: Atividança

Sala Administrativa: Grupo de dança Alex Academia de Dança e apresentação de violino

Sala de reuniões: Cia It

Galeria da Secretaria Municipal de Cultura: Casa It

Esplanada Pena Branca e Xavantinho: Grupo Junino Forrozarte

Sala de ensaios da Banda Municipal: Banda Sinfônica Municipal de Uberlândia

Final da rampa de acesso: Trio de Metais da Banda Municipal

Cineteatro Nininha Rocha: Grupo de Capoeira Angola Malta Nagoa

Palco da área externa: Orquestra Sesc de Viola

– Dia 19 de fevereiro de 2020 (quarta-feira) – 19h

Área externa: Banda Municipal, Coletivo Semente de Fogo e Grupo de Folia de Reis

Biblioteca Municipal: Berg Cia de Dança

Espaço Gourmet: Grupo Congado Moçambique de Belém

Hall da Secretaria Municipal de Cultura: Cia de Dança Cigana nana Gonzaga

Esplanada Pena Branca e Xavantinho:  Udi Jazz Big Band

Sala de ensaios da Banda Municipal: Banda Sinfônica Municipal de Uberlândia

Final da rampa de acesso: Trio de Metais da Banda Municipal

Cineteatro Nininha Rocha: Apresentação de dança com Claudia Nunes e UAI Q Dança

Palco da área externa: Quinteto do Samba convida Samba de Vera no palco da área externa

Serviço:

Endereço: Praça Professor Jacy de Assis, s/n, Centro (ao lado do Terminal Central)

Horário de funcionamento:

Biblioteca: Segunda a sexta-feira – 8h15 às 18h45

Secretaria de Cultura: Segunda a sexta-feira – 12h às 17h

Cineteatro Nininha Rocha: Horário específico de cada espetáculo marcado

Galeria de Artes Iolanda Lima: Segunda a sexta-feira – 12h às 17h

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também