Notícias

Planejamento da Saúde para 2020 é reforçado com coordenadores da rede

Propostas alinhadas entre Prefeitura e Organizações Sociais reforçam ações já em andamento
14 de fevereiro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Fotos: Araípedes Luz – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

O planejamento da Secretaria Municipal de Saúde para 2020 foi pauta de reunião realizada na manhã desta sexta-feira (14) no auditório Cícero Diniz do Centro Administrativo. Desenvolvida entre o setor de Planejamento e a Atenção Primária, a oficina reforçou as diretrizes de ações e metas juntamente aos tutores da Atenção Primária; coordenadores das UAIs; e representantes do Conselho Municipal de Saúde, Conselho do Idoso, Comitê da Cidade Amiga da Pessoa Idosa e das organizações SPDM e Missão Sal da Terra. (Confira abaixo as metas destacadas em 2020)

A oficina com a apresentação das revisões feitas no Plano Municipal de Saúde, vigente para 2017-2020, dá continuidade à reunião feita em janeiro com corpo técnico gerencial da Secretaria e das Organizações Sociais. Para o secretário municipal de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha Filho, o repasse das diretrizes para toda a rede continuará rendendo bons resultados devido ao empenho conjunto estimulado junto aos servidores.

“Implica para nós atingir essas metas o esforço através da participação de todos os servidores, por isso o motivo do evento: perceberem a necessidade de se envolverem. Nos anos anteriores, houve uma melhoria substancial percebida pela população e mostrada em pesquisas. Como exemplo das metas atingidas temos o prontuário eletrônico único no primeiro ano da gestão, em seguida a recuperação do Hospital Municipal que está ativo plenamente, a prioridade e os avanços na Atenção Primária, entre outras ações”, destacou o secretário.

Fotos: Araípedes Luz – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

A coordenadora do setor Central-Norte, Poliana Bonati, representou a rede de Atenção Primária durante o evento. Ela destacou que as ações, feitas de forma contínua, estão sendo moldadas e contribuem para um atendimento amplo e diferenciado para cada paciente.

“Temos vários pontos que precisamos trabalhar no decorrer de 2020, e estamos traçando o modo para atingirmos esses objetivos. Várias ações já ocorrem, estamos reforçando para melhorar ainda mais os indicadores. Desde 2017, buscamos o fortalecimento da Atenção Primária para coordenar a rede como um todo e o cuidado com o paciente próximo à casa dele. Nesse sentimos, estamos aqui também para engajar a Atenção Primária com a Ambulatorial Especializada”, afirmou.

Metas remodeladas e destaques para 2020:

– Ampliar a longevidade dos portadores de condições crônicas, prioritariamente gestantes, crianças, hipertensos e diabéticos

– Melhorar a autonomia e a independência do idoso com ênfase na qualidade de vida

– Reduzir riscos e danos à saúde decorrentes do uso de álcool e outras drogas

– Reduzir a mortalidade por causas externas

– Combater a infestação do Aedes aegypti

– Aprimorar ainda mais a satisfação da população em relação ao atendimento à saúde

– Manter as crianças de até 5 anos livres de cáries

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também

All articles loaded
No more articles to load