Notícias

Programa IST/Aids intensifica orientação e prevenção para o Carnaval

Além do trabalho conscientização, equipe do Ambulatório Herbert de Souza realizará testes rápidos para sífilis, HIV e hepatites virais na semana que antecede os dias de folia
17 de fevereiro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Araípedes Luz/Secretaria Municipal de Governo e Comunicação

Os profissionais do Ambulatório Herbert de Souza (IST/Aids) intensificam, a partir desta segunda-feira (17), as atividades de orientação, prevenção e conscientização à população sobre as infecções sexualmente transmissíveis. As atividades, que incluem também os testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites, foram programadas para antes das festas de Carnaval, para que todos aproveitem o feriado prolongado com muita informação e segurança. As ações acontecem no ambulatório, das 7h30 às 11h e 13h às 16h30.

De acordo com a coordenadora do Programa IST/Aids e Hepatites Virais, Cláudia Spirandelli, a reflexão sobre o tema nesta época do ano é fundamental. “O carnaval é um período de festa, as pessoas estão mais abertas a se relacionar. É importante que neste momento a população não se descuide e as pessoas que tiveram relação sexual desprotegida realizem os testes rápidos ou sorológicosporque, além do HIV, existem outras doenças transmitidas. Por isso, é importante a orientação, a prevenção e também o diagnóstico precoce. Lembrando que a rede oferece tratamento e algumas infecções têm cura, como a sífilis”, destacou.

Ainda segundo a coordenadora do programa, além destas ações, também haverá distribuição de preservativos nas festas de carnaval da cidade, por meio de parceria com a Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/Aids, e em algumas empresas que pediram apoio com o material.

“Buscamos envolver todos. Informamos, orientamos e mostramos para as pessoas tudo que está relacionado às causas e consequências das doenças, para que elas também possam ser multiplicadoras desse processo”, reforçou Cláudia Spirandelli.

Acolhimento integral

O ambulatório Herbert de Souza notificou no ano passado 198 casos de sífilis em gestantes e 101 congênitas (transmitidas da mãe para o bebê durante a gestação). Em relação ao HIV/Aids, foram 468 novos casos.

 Referência no tratamento das ISTs, o ambulatório oferece acompanhamento multidisciplinar aos pacientes. Além do atendimento, também é oferecido o teste rápido para as ISTs, que é feito a partir da coleta de uma amostra de sangue.

O exame é gratuito, sigiloso e pode ser feito durante todo o horário de expediente do ambulatório, que fica na rua Avelino Jorge Nascimento, 15, bairro Roosevelt. Não é necessário agendar o exame. Basta comparecer ao local e apresentar a Carteira de Identidade.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também