Notícias

Projeto piloto planeja a inclusão da tilápia na merenda escolar

Iniciativa é fruto de uma parceria entre Secretarias Municipais de Educação e Agropecuária, Abastecimento e Distritos
20 de fevereiro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Uma iniciativa pioneira permitirá que alunos de escolas municipais possam ter a tilápia na merenda escolar. Na tarde desta quinta-feira (20), dez diretores de unidades da rede participaram de uma reunião com representantes da Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos para dar início ao projeto piloto “Inclusão do Pescado na Merenda Escolar”. Também estiveram no encontro os profissionais do Programa Municipal de Alimentação Escolar (Pmae).

A iniciativa faz parte do pilar aquicultura do Programa de Desenvolvimento de novos Negócios Rurais (Novo Agro), em parceria com o Pmae. “É pensar no fomento ao pescado e em uma alimentação saudável e equilibrada para nossas crianças, pois muitas delas não têm a oportunidade de consumir esse alimento em casa”, pontuou colocou Marília Parreira Fernandes, servidora da Secretaria de Agropecuária responsável pelo setor.

Por meio do projeto, uma vez por mês os alunos do 1º ao 9º ano das escolas selecionadas irão consumir receitas feitas com filé de tilápia. Irão participar as escolas municipais (EM) Eurico Silva, Valdir Araújo, Ladário Teixeira, José Mamede, Hilda Leão, Milton Porto, Josiany França, Domingos Pimentel, Boa Vista e Sobradinho.

Para que ocorra uma implementação eficiente do pescado no cardápio escolar, após a elaboração e consumo das receitas com filé de tilápia, será realizado teste de aceitabilidade com os alunos.

“Foram selecionadas escolas de pequeno, médio e grande porte, das zonas rural e urbana, para a implantação do projeto piloto. Dessa forma vamos conseguir atingir um público distinto”, explicou a coordenadora do Programa Municipal de Alimentação Escolar (Pmae), Tânia Martinelli, da Secretaria Municipal de Educação (SME).

Na oportunidade, foram ouvidas sugestões dos diretores e vice-diretores presentes, bem como sanadas dúvidas e marcada uma data para capacitação das responsáveis pela merenda escolar. A implementação deve ter início no próximo mês.

Capacitação

No dia 14 de março as merendeiras e diretores das escolas irão passar por um treinamento com um chef de cozinha, onde serão abordadas formas corretas de manuseio e armazenagem dos ingredientes, bem como as sugestões mais nutritivas de receitas.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também