Notícias

Prefeitura retoma construção da Praça da Juventude

Área de 24 mil m² contará com diversos equipamentos para prática esportiva, além de se tornar mais uma opção de lazer para a população do setor Norte
10 de março de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Preocupada com a promoção do lazer e das boas práticas esportivas, a Prefeitura de Uberlândia retomará mais uma importante obra para a região Norte da cidade: a Praça da Juventude, no bairro Maravilha. A ordem de serviço para início dos trabalhos na área de mais de 24 mil m² foi assinada na tarde de hoje (10) , no Centro Administrativo Municipal. Pedido antigo da população, o local contará com diversos equipamentos esportivos, além de se tornar mais um opção de lazer para a família.

No local, entre as ruas Fernanda de Oliveira Prado e Renato William Gonçalves, será construído um ginásio poliesportivo coberto, equipado com banheiros e vestiário, um campo de futebol society, uma quadra para a prática de vôlei de areia, pista de skate, pista de salto, uma sala de ginástica, além de uma pista de caminhada em todo o entorno da praça e um espaço para a realização de exercícios ao ar livre. Na parte social, haverá ainda um centro de convivência para terceira idade e um teatro arena com capacidade para 100 pessoas.

O contrato, no valor de R$ 1,9 milhão, prevê ainda os serviços de jardinagem e iluminação da praça. As obras serão fiscalizadas pela Secretaria Municipal de Obras e executadas pela empresa Transvias Construções e Terraplanagem LTDA, vencedora da licitação.

Histórico

Com recursos oriundos de uma emenda parlamentar do deputado federal Weliton Prado, a assinatura do convênio por parte do município junto ao Governo Federal para a construção da praça foi feita em novembro de 2012. Após retornar ao executivo em 2017, o atual governo encontrou as obras paralisadas e, desde então, atuou para que o convênio fosse retomado e os trabalhos para conclusão da praça tivessem início novamente.

O valor assinado ainda em 2012 foi de aproximadamente R$ 1,6 milhão, dos quais somente R$ 190 mil foram utilizados para início das obras. Portanto, o município receberá ainda o restante do valor integral (R$ 1,47 milhão) e investirá mais de R$ 440 mil de recursos próprios para que a obra seja concluída.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também