Notícias

Prefeitura mantém apoio aos produtores rurais mesmo durante pandemia

Todas as medidas de segurança estão sendo adotadas para evitar a transmissão do novo Coronavírus e assegurar o abastecimento
8 de abril de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Garantir o abastecimento de alimentos à população e minimizar os impactos financeiros da pandemia do novo Coronavírus na vida dos pequenos produtores rurais. É com esse compromisso que a Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos, segue com o trabalho de orientação, consultoria técnica e motomecanização no campo.

“Foram necessárias algumas adaptações para continuar atendendo os nossos produtores, que são os responsáveis por levar alimento à mesa de todas as pessoas. Fizemos uma escala de revezamento entre os servidores para diminuir a quantidade de pessoas na rua, ressaltamos a importância do distanciamento físico e a constante lavagem das mãos durante os atendimentos”, destacou a secretária municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos, Walkiria Naves.

Uma das frentes de trabalho que foram mantidas consiste na disponibilização de maquinário a preço subsidiado aos pequenos produtores para a produção de silagem. O procedimento consiste na colheita e ensilagem de milho ou sorgo, a fim de obter nutrientes de qualidade para a alimentação de bovinos, principalmente vaca de leite, substituindo o pasto em períodos de seca. O processo envolve o corte da planta, picagem e compactação da matéria. Somente neste ano, foram realizados 59 atendimentos, mais de mil horas-máquinas trabalhadas e cerca de 12 mil toneladas de material ensilado. Os técnicos também utilizam as máquinas para preparar o solo e assegurar que o plantio de hortifrutigranjeiros seja feito.

Estradas vicinais

Para dar condições de escoamento da produção da safra, o serviço de manutenção das estradas vicinais também continua sendo realizado. Outro trabalho que não foi paralisado são as fiscalizações em frigoríficos e indústrias alimentícias para assegurar a sanidade dos alimentos.

“Neste momento, a principal preocupação deve ser com a saúde coletiva, mas também mas também temos que dar atenção aos setores essenciais. O setor de agropecuária é um desses segmentos e estamos trabalhando para garantir o apoio ao produtor e, consequentemente, o abastecimento da população”, finalizou a secretária.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também