Notícias

Programa Escola em Casa tem mais de 750 mil acessos em uma semana

Plataforma foi disponibilizada como complemento pedagógico durante a pandemia
14 de abril de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Preocupada com a rotina escolar dos estudantes das escolas municipais durante o período de suspensão temporária das aulas, a Prefeitura de Uberlândia lançou, no dia 6 de abril, o Programa Escola em Casa. Desde então, a plataforma registrou 753.535 acessos aos materiais. Disponível no portal da Prefeitura de Uberlândia, o recurso foi desenvolvido como complemento pedagógico durante o enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19). (Acesse aqui)

A novidade, que conta com conteúdo didático e atividades on-line desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Educação, abrange toda a rede: educação infantil (0 a 5 anos), fundamental (1º ao 9º ano) e especial. “Ficamos felizes, pois tivemos um bom retorno nesta primeira semana. Nossa equipe, diretores e professores, que se voluntariaram para preparar o conteúdo, foram fundamentais para isso”, declarou a secretária municipal de Educação, Tânia Toledo.

A responsável pela pasta lembra, ainda, que não se trata de reposição do ano letivo. “Buscamos essa estratégia para fornecer conteúdos complementares aos estudantes de forma remota, assim eles não perdem o contato com a rotina escolar. Nesse momento, a nossa prioridade é com a saúde e a segurança de todos”, destacou Toledo.

Para os pais e responsáveis de estudantes do 1º ao 9º ano que não têm condições de imprimir o material ou não possuem acesso à internet, as unidades estão fornecendo as apostilas. A retirada do conteúdo deve ser feita nas escolas municipais às terças-feiras, das 8h às 10h.

Vale destacar que os materiais do ensino infantil, que estão disponíveis no site desde ontem (13), não precisam ser impressos, uma vez que os recursos são adaptados para o meio digital. “Neste primeiro momento, são atividades lúdicas com orientações para os pais e responsáveis desenvolverem com os filhos, então eles não precisam se deslocar até a escola para acessar o material”, destacou Carla Barbosa Alves, assessora pedagógica do Centro de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz – Cemepe.

Como funciona

A plataforma “Escola em Casa” pode ser acessada pela página principal da Prefeitura e por meio das guias “Educação” e “Serviços”. No menu da plataforma, o usuário tem acesso a itens que destacam informações sobre o recurso, material didático disponibilizado, sala de leitura e jogos interativos. A página é responsiva, adaptando-se aos mais diversos tipos de telas, incluindo smartphones e tablets.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também