Notícias

Vistoria orienta moradores na descoberta de vazamentos internos

Ações do Dmae visam reduzir desperdício de água causado por perdas não visíveis
8 de maio de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Divulgação

Se de um mês para o outro a conta de água apresentar um valor fora do habitual, o motivo pode estar atrelado a um vazamento dentro do imóvel. O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) oferece um serviço gratuito de vistoria que pode ser solicitado pelo Fone Fácil 115. Nos primeiros quatro meses de 2020, já foram realizadas 2.854 vistorias nas áreas internas de residências e condomínios.

Constatado algum vazamento, a equipe de vistoria orienta o morador como resolver a situação. Além das recomendações, a autarquia também analisa o consumo médio do morador, fazendo uma revisão da conta em casos de alteração significativa do consumo. Para isso, o vazamento precisa ser corrigido e o conserto estar visível na segunda vistoria.   

A autarquia tem trabalhado para garantir o pleno fornecimento de água com qualidade. Mesmo assim, o Dmae reforça o pedido para que os usuários estejam atentos a vazamentos internos. O primeiro passo é verificar o comportamento da instalação hidráulica em todas as torneiras, chuveiros e válvulas de descarga, notando se estão dentro da normalidade. (Leia as dicas abaixo). Outra medida é acompanhar a regularidade do consumo registrado na conta mensalmente.

Dicas vazamentos dentro de casa

Como detectar vazamentos na tubulação que leva até a caixa d’água:

– Deixe o registro padrão aberto;

– Feche todas as torneiras e não use descarga ou chuveiro;

– Vede todas as boias da caixa d’água;

– Faça uma leitura do hidrômetro. Espere uma hora e faça nova leitura, verificando se houve alteração do registro anterior. Se o seu hidrômetro for do que tem uma bolinha preta, verifique se a mesma está girando. Em caso afirmativo, há vazamento no ramal alimentado diretamente pela rede.

Como detectar vazamentos na válvula ou na caixa de descarga:

– Jogue um pouco de cinza de cigarro ou corante dentro do vaso sanitário. Se ela ficar depositada no fundo do vaso, não há vazamento, caso contrário, existe vazamento na válvula ou caixa de descarga;

– Outra alternativa é esvaziar o vaso sanitário e secá-lo. Se ele voltar a encher sem que se dê descarga, há vazamento.

Como detectar vazamentos na instalação alimentada pela caixa:

– Vede bem a boia;

– Feche todas as torneiras e não use descarga ou chuveiro;

– Marque o nível de água na caixa;

– Se o nível baixar, existe vazamento na tubulação, nos sanitários ou na própria caixa;

– Atenção: o extravasor deve ser posicionado acima do nível da boia.

Como detectar vazamentos em reservatórios de edifícios:

– Feche bem o registro do reservatório do subsolo e desligue a bomba;

– Vede bem a boia do reservatório;

– Marque o nível da água;

– Espere uma hora e verifique se o nível baixou;

– Se isto ocorrer, há vazamento no reservatório.

Atenção: É recomendado realizar estes testes na parte da manhã. Uma vez que as caixas d’agua se encontram com a capacidade total devido ao menor consumo durante a madrugada.

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também