Notícias

Procon Uberlândia recebe mais de 600 denúncias durante o final de semana

População pode reportar situações que descumprem as medidas de isolamento social pelo do Zap da Prefeitura
22 de junho de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Para garantir que todos os estabelecimentos comerciais cumpram as determinações do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Covid-19, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Uberlândia tem intensificado as ações de fiscalização.

 Durante o último final de semana, o Procon recebeu 649 denúncias por meio do Zap da Prefeitura e encerrou dez festas com aglomerações. A ação, que conta com o apoio da Polícia Militar (PM), também fechou diversos estabelecimentos por estarem abertos em horários irregulares.

 Conforme deliberação publicada no Diário Oficial da última sexta-feira (19), as atividades comerciais seguem divididas em três grupos, mas os setores com total restrição de funcionamento foram ampliados. Veja a tabela com o funcionamento de cada atividade comercial aqui.

Supermercados e atacarejos seguem sem restrição de dias e horários de funcionamento e para reforçar as recomendações necessárias para a segurança dos funcionários e consumidores, o Procon se reuniu com 73 representantes do setor na sexta-feira (19). Por meio de uma videoconferência, o órgão repassou às orientações vigentes para o período da pandemia em conformidade com deliberações do Comitê.

Denuncie!

Os moradores que perceberam alguma irregularidade podem fazer denúncias pelo 151 ou pelo Zap da Prefeitura (34) 99774-0616. Na plataforma, assim que o solicitante enviar uma mensagem, uma resposta automática aparecerá oferecendo sete opções. Dentre estas, a pessoa deverá escolher a número 3, referente ao Procon. A partir daí, poderão ser feitas denúncias referentes a estabelecimentos abertos irregularmente, aglomeração de pessoas e preços abusivos.

Canais de denúncia:

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também