Notícias

Uberlândia tem saldo positivo na geração de empregos pelo 3º mês consecutivo

Em agosto, cidade ficou em 1º lugar na abertura de postos de trabalho entre os municípios do interior de MG
30 de setembro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Com saldo positivo de 1.078 postos de trabalhos abertos, Uberlândia é a que mais gerou empregos entre as cidades do interior de Minas Gerais no mês de agosto. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (30) pelo Ministério da Economia. Foram 7.830 admissões contra 6.752 desligamentos. Esse é o terceiro mês seguido em que as admissões superaram as demissões na cidade desde março, quando se iniciou a adoção de medidas sanitárias para impedir a proliferação do novo coronavírus.

O bom desempenho no saldo de empregos em agosto foi puxado pela indústria, com +395 contratações. Comércio (+316), serviços (+276) e  construção (+215) também se destacaram no preenchimento de novas vagas.

“Estamos otimistas com a retomada da nossa economia, ainda que o cenário exija a adoção de diversos cuidados e medidas para afastar de vez a pandemia de Covid-19. Da nossa parte, enquanto poder público, continuamos trabalhando dia e noite para ser um facilitador e, portanto, continuar criando condições para que a nossa Uberlândia siga gerando não apenas empregos, mas renda e qualidade de vida para toda a população”, avaliou o prefeito Odelmo Leão.

Apesar dos desafios impostos pelo atual cenário sanitário, econômico e social do país, a Prefeitura de Uberlândia tem procurado formas de manter a economia aquecida, seja na mediação de encontros setoriais com bancos ou ouvindo os mais diversos segmentos por meio do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, seja no desenvolvimento de projetos de estímulo ao empreendedorismo, como a plataforma “Mais Negócio” e a continuidade da oferta de consultoria gratuita Agente Local de Inovação (ALI).

Retomada

Se, a partir de março, o número de demissões começou a crescer na cidade, seguindo uma tendência nacional, o segundo semestre de 2020 começou com boas notícias para o mercado de trabalho. Em junho, o saldo com ajustes ficou em +178 postos.  

Quando os dados referentes a julho foram publicados, o Caged apontava, a princípio, indicativo de saldo negativo na geração de emprego em Uberlândia naquele período (com -141 postos). Contudo, na série com ajustes, apresentada nesta quarta-feira, o número foi revisado para + 101 vagas de trabalho preenchidas após revisão do órgão com base em informações das empresas entregues fora do prazo de fechamento do balanço anterior. Essa revisão é feita mensalmente para atualização das informações.

Fontehttp://pdet.mte.gov.br/

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também