Notícias

Exposição de capoeira reforça a importância da categoria na cultura de Uberlândia

Exposição estará aberta a partir do dia 15 no Memorial Afro da Secretaria Municipal de Cultura por meio de agendamento
13 de outubro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O legado deixado pela capoeira na história de Uberlândia vai ganhar destaque com a exposição que será lançada no próximo dia 15 de outubro no Centro Municipal de Cultura de Uberlândia. Intitulada “Capoeira – A luta da liberdade”, a exposição tem como propósito homenagear os capoeiristas da cidade e seus mestres. Atualmente considerada Patrimônio Mundial, é a maior expressão das heranças culturais afro-brasileiras.

A exposição será aberta para visitação até o fim do ano no Espaço do Memorial Afro- Diretoria de Igualdade Racial, atendendo os interessados através de agendamento prévio para evitar aglomerações e seguir todas as normas de segurança exigidas pelo Comitê Municipal de enfrentamento ao Covid-19.

Exposição de capoeira reforça a importância da categoria na cultura de Uberlândia 1

Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

Com destaque para a “árvore dos mestres”, analogia feita de cabaças, para homenagear os 36 mestres de capoeira da cidade, o foco da exposição é o resgate e salvaguarda da memória destes agentes culturais que detém uma parte relevante da história cultural em suas vivências. Por meio da exposição, os visitantes e comunidade em geral, vão reconhecer a história destes agentes culturais, a manutenção e vivacidade das expressões culturais afro-brasileiras e valorização da nossa cultura local.

Exposição de capoeira reforça a importância da categoria na cultura de Uberlândia 2

Foto: Danilo Henriques – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

Capoeira

A capoeira foi criada no século XVII pelo povo escravizado da etnia banto e se difundiu por todo o Brasil. Hoje é considerada um dos maiores símbolos da cultura brasileira, uma expressão cultural brasileira que compreende os elementos: arte-marcial, esporte, cultura popular, dança e música. Reconstruindo relações de sociabilidade e familiaridade entre mestres e discípulos, sendo difundida de modo oral e gestual nas ruas e academias.

Em 2008, a Roda de Capoeira foi registrada como bem cultura pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e em 2014, recebeu o título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

Serviços

O Quê: Exposição – Capoeira – A luta da liberdade

Quando:  A partir de 15 de outubro

Horário: Das 12h às 17h

Onde: Centro Municipal de Cultural – Praça Prof. Jacy de Assis – s/n – Centro

Mais informações e agendamento: (34) 3236-8011 – Diretoria de Igualdade Racial

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também