Notícias

“Pontos que unem” já produziu 35.220 máscaras

Trabalho é desenvolvido em pequena fábrica de costura montada na Penitenciária Professor João Pimenta da Veiga
6 de novembro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Prefeitura de Uberlândia, em parceria com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, Secretaria de Administração Prisional e Penitenciária Professor João Pimenta da Veiga lançou em maio de 2020, o projeto “Pontos que unem”. Trata-se de uma oficina de profissionalização em costura que produz máscaras, utilizadas nas medidas de contenção da propagação do novo Coronavírus.

Cinco máquinas de costura profissional, um cortador profissional de pano e insumos foram adquiridos pelo Município, com um investimento de aproximadamente R$ 40 mil. Já a mão de obra utilizada é composta por 12 detentos do regime fechado e que terão a redução de um dia de suas penas para cada três dias trabalhados, com jornada diária de oito horas, de segunda a sexta-feira. A estrutura de trabalho foi montada dentro da penitenciária e até a data atual já produziu 35.220 máscaras.

Um dos objetivos é contribuir com mais uma ação municipal voltada à prevenção do contágio e da transmissão comunitária do novo Coronavírus, causador da Covid-19. A destinação das máscaras foi dividida em dois grupos, sendo 80% para servidores da administração pública municipal, prioritariamente agentes de saúde, assistentes sociais, agentes patrimoniais e profissionais que atuam com atendimento presencial ao público. Já os outros 20% da produção vem sendo destinados para a Penitenciária Professor João Pimenta da Veiga. A ideia é que, assim que a crise sanitária passar, a oficina seja ampliada e passe a produzir diversos tipos de vestimentas, conforme demandas das secretarias que compõem a administração pública do município.

A higienização das máscaras produzidas pelo projeto “Pontos que Unem” fica a cargo da Instituição Cristã de Assistência Social de Uberlândia (Icasu) e a distribuição para a administração pública é de responsabilidade do Diretoria de Armazenagem e Distribuição (DAD).

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também