Notícias

Implantação de salas modulares permite inovação nas escolas municipais

Cinco instituições receberam estruturas que reforçam oferta de vagas e aprendizado lúdico
25 de novembro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Somando às inovações tecnológicas incorporadas na rotina de educadores e alunos, a Prefeitura tem investido na implantação de salas de aula modulares que unem recursos educacionais inovadores à garantia de mais vagas para na rede pública de ensino. Cinco escolas de ensino fundamental receberam as estruturas garantidas com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O aporte é de R$ 1.391.600,00.

Cada uma das 14 salas modulares já implantadas têm 36,67 metros quadrados. O layout foi pensado para atender 25 estudantes por sala, priorizando as séries iniciais. Considerando os períodos matutino e vespertino, serão beneficiados aproximadamente 700 estudantes. O trabalho seguiu laudos e certificações preconizados por órgãos de segurança, tornando as salas aptas para utilização assim que for permitido o retorno às aulas presenciais.

O conceito estrutural comporta projeto luminotécnico completo, acústica adequada, janelas, dois equipamentos de ar condicionado, paredes e tetos feitos em lousa para um ambiente ainda mais lúdico e alfabetizador. O acesso às salas conta com passarela e corrimão de acessibilidade e pisograma ao redor. As salas foram construídas sobre sustentações de concreto que permitem o encaixe dos módulos.

Foram implantadas duas salas na Emei Dom Almir, duas na Emei Professora Veridiana Rodrigues Carneiro (Mansour), duas na Escola Municipal Professora Maria Regina Arantes Lemes (Pequis), quatro na Escola Municipal Professora Josiany França (Canaã) e quatro na Escola Municipal Professor Milton de Magalhães Porto (Segismundo Pereira).

A secretária municipal de Educação, Tania Toledo, reforça que as salas atendem todos os requisitos legais e de segurança, além de serem módulos de rápida implantação e que permitem explorar o ensinar de inúmeras formas.

“Enquanto em um processo normal levaríamos mais um de um ano para construção, com as salas modulares temos agilidade para atendermos a demanda de vagas para quem procura a rede municipal. Entendemos que são salas muito favoráveis às crianças pequenas, por permitirem o uso de todas as paredes como quadros. Esse recurso traz, também, muitas possibilidades para os professores trabalharem com mais proveito”, destacou.

Implantação de salas modulares permite inovação nas escolas municipais 1
Fotos: Cleiton Borges – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU 

Receptividade

Na Escola Municipal Professor Milton de Magalhães Porto, no bairro Segismundo Pereira, por exemplo, as quatro salas modulares foram somadas às nove salas tradicionais. A diretora Simone Silveira destaca que a novidade já agradou professores, pais e alunos que passaram pelo local.

“As famílias ficaram encantadas com o visual e formato. Ficamos muito agradecidos pela iniciativa da Prefeitura em prol da inovação na estrutura da escola. Essa ação vai colaborar com o nosso trabalho cotidiano pedagógico, oferecendo mais vagas para o bairro e adjacências”, disse.

Complemento

A chegada das salas modulares soma ao trabalho desenvolvido dentro do programa Escola Bem Arrumada, lançado há 15 anos, na primeira gestão do prefeito Odelmo Leão, e retomado em 2017. O propósito é a adequação da infraestrutura na escolas municipais, considerando acessibilidade, atualizações de segurança, pintura, revitalizações e reformas gerais. Apenas nos últimos três anos, 37 obras foram realizadas, Atualmente, há trabalhos em andamento em 29 escolas. Em 12, as melhorias já passaram de 60% da conclusão.

Implantação de salas modulares permite inovação nas escolas municipais 2
 Fotos: Cleiton Borges – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU 
Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também