Notícias

Inscrições continuam abertas para seminário on-line sobre doenças reumáticas

Prefeitura apoia evento organizado pela ARUR e voltado a pacientes com dor crônica e profissionais da atenção primária
15 de dezembro de 2020
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

As inscrições continuam abertas para o primeiro seminário “Diagnóstico e manejo das doenças reumáticas”, que acontece nesta quinta-feira (17), a partir das 15h, pela internet. Organizado pela Associação dos Reumáticos de Uberlândia e Região (ARUR), com profissionais da Rede Municipal de Saúde entre os palestrantes, o encontro tem a proposta de reforçar a importância do diagnóstico precoce das dores crônicas e que, com o tratamento adequado, pacientes podem aprender a conviver com essa condição.

Pacientes com dor crônica e profissionais da atenção primária podem se inscrever pelo formulário on-line do evento (acesse aqui). Serão duas salas virtuais, com o acesso liberado no e-mail dos participantes.

“Teremos uma sala virtual destinada aos pacientes com dor crônica, na qual buscamos empoderar essa pessoa, para que ela saiba que pode ter uma vida inteiramente normal, o que depende dela e o tamanho da reponsabilidade que ela tem diante disso. Na sala para os profissionais da saúde, o foco está no atendimento mais básico. Queremos chamar a atenção para a importância de os médicos estarem atentos aos sintomas e iniciarem automaticamente a investigação clínica dessas doenças que, diagnosticadas precocemente, são altamente controláveis e não impedem que se viva plenamente”, explicou a presidente da ARUR, Nilma Rodrigues de Oliveira.

A Associação dos Reumáticos de Uberlândia e Região existe desde 1996 e possui cadastrados 3,8 mil pacientes com doenças reumáticas. Conscientizar sobre a dor crônica e apoiar pacientes, bem como estimular a capacitação profissional da área da saúde, são algumas das formas de atuação da entidade.

Dores crônicas

As doenças reumáticas se referem àquelas que podem ter manifestações na musculatura esquelética, como osteoporose, gota, artrite, artrose, lúpus erimatoso sistêmico, fibromialgia, lesões por esforços repetitivos (LER), entre outras. Há mais de 120 tipos e todas são potencialmente incapacitantes, podendo acometer pessoas de todas as idades.

O Ministério da Saúde, referenciando dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia, estima que mais de 15 milhões de brasileiros são afetados por essa condição, considerada uma das principais causas de auxílio doença e afastamento do trabalho.

Em Uberlândia, os pacientes com dores crônicas têm ao alcance um atendimento multiprofissional e qualificado na Rede Municipal de Saúde, por meio do trabalho integrado das equipes de atenção primária e de atenção ambulatorial especializada. O Município ainda conta com a organização da rede de atenção à saúde da pessoa idosa e ações integradas das unidades básicas de saúde com a rede de urgência e emergência e atenção hospitalar, que também beneficiam esse público.

Para o seminário desta quinta-feira, entre os palestrantes estão profissionais que atendem pela Rede Municipal de Saúde: os reumatologistas Marina Alvarenga Rezende Bustamante e Humberto Machado Resende e a assistente social Cláudia Regina Nogueira.

Confira a programação:

Sala virtual dos pacientes
Temas em destaque: dor crônica, lúpus e artrite reumatoide
Palestrantes: os reumatologistas Narciso Volpe Junior e Mariana Ceccon, a psicóloga Eleusa Gallo Rosenburg, a assistente social Cláudia Regina Nogueira Souza e a fisioterapeuta Letícia Moreira Silva Bridi. Nilma Rodrigues de Oliveira dará seu depoimento como paciente.

Sala virtual dos profissionais da saúde
Temas em destaque: dor funcional e degenerativa, artrite inicial e lombalgia de ritmo inflamatório
Palestrantes: os reumatologistas Marina Alvarenga Rezende Bustamante, Roberto Ranza e Humberto Machado Resende e os residentes em reumatologia Isadora Ribeiro Viana Brito, Leandro Alves Ferreira, Ana Silva de Sousa Martins e Gustavo Pafume de Sá.

Inscreva-se!

Compartilhe:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Veja Também